Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Acessibilidade > Prestação de Contas > Prestação de contas 1996 > Direta - Unidades da Administração Direta do MEC
Início do conteúdo da página

Assessoria Estratégica de Evidências

APRESENTAÇÃO

A Assessoria Estratégica de Evidências faz parte da estrutura do Gabinete do Ministro e foi criada em julho de 2018 com a missão de promover o uso apropriado das evidências e fomentar a cultura de inovação para melhorar a qualidade das políticas educacionais brasileiras.

Este movimento se coaduna com iniciativas que vem acontecendo no Brasil e no mundo de qualificar o debate sobre políticas públicas. Qualificar o debate, no caso da Educação, significa garantir o uso dos dados produzidos pelos censos e avaliações externas (ANA, Prova Brasil, etc.), bem como das informações gerenciais de políticas e programas do MEC, para aperfeiçoar os programas educacionais e embasar a construção de novas políticas. A produção e a sistematização das evidências auxiliam em todas as etapas do ciclo de políticas públicas, tanto nos programas existentes quanto nas inovações que venham a ser testadas.

A Assessoria, portanto, busca tornar-se referência na disseminação e no uso adequado de evidências e inovação, institucionalizando tais práticas no ciclo das políticas educacionais brasileiras.

ATUAÇÃO

A Assessoria Estratégica de Evidências está sob responsabilidade de um assessor do Gabinete do Ministro e é composta por dois núcleos: o Núcleo de Análise de Informações (NAI – Info), formado por um coordenador e um analista, e o Núcleo de Avaliação e Inovação (NAI – Inove), composto por um coordenador, um analista de avaliação e um analista de inovação.

1.   O NAI – Info

O Núcleo de Análise de Informações (NAI - Info) tem como objetivo organizar e sistematizar informações e dados de políticas e programas prioritários do MEC.  São objetivos específicos deste núcleo:

  • Construção de modelos lógicos das políticas educacionais do MEC;
  • Análise de registros gerenciais para embasar os posicionamentos e tomadas de decisão do Ministério;
  • Organizar, sistematizar e divulgar as evidências já produzidas pelo MEC e por outras instituições;
  • Apoiar a transição ministerial com dados e evidências sobre as políticas educacionais do MEC; e
  • Fornecer subsídios ao NAI – Inove.  


2.  O NAI – Inove

O Núcleo de Avaliação e Inovação (NAI - Inove) é a primeira iniciativa, dentro do MEC, de criação de uma estrutura responsável por fomentar a cultura de avaliação e de inovação no Ministério da Educação. Para alcançar esse objetivo, o NAI se divide em dois eixos, um de avaliação e outro de inovação.

Eixo de avaliação

O eixo de avaliação busca promover o uso apropriado de evidências e a avaliação dos programas do Ministério da Educação e possui os seguintes objetivos específicos:

  • Organizar, sistematizar e divulgar internamente evidências com foco em avaliações de impacto já produzidas pelo MEC e por outras instituições;
  • Incentivar a produção de conhecimentos em linguagem acessível ao gestor público (seminários internos, portal de evidências, policy papers, etc);
  • Capacitar gestores públicos em avaliação de impacto; e
  • Estimular a realização de avaliações de impacto dos principais programas do Ministério.

Vale ressaltar que o eixo de avaliação não tem como atribuição realizar ele próprio a avaliação dos programas do MEC. Entende-se que existem hoje no País pesquisadores e instituições qualificadas para produzirem avaliações de impacto robustas e confiáveis. Desse modo, os programas avaliados serão escolhidos pela Assessoria de Evidências/MEC com o apoio da Rede de Evidências, mas a avaliação de fato será realizada por parceiros (pesquisadores ou instituições) interessados.

Eixo de inovação

O eixo de inovação busca promover inovações educacionais com alto potencial de impacto e baixo custo e possui os seguintes objetivos específicos:

  • Informar gestores públicos sobre estratégias de inovação aplicadas à educação - ciências comportamentais, design thinking, tecnologia, gestão de processos, etc;
  • Identificar e divulgar práticas inovadoras em educação;
  • Articular a implementação e avaliação de projetos-piloto de inovação; e
  • Escalar projetos-piloto com alto impacto e baixo custo.

 

REDE DE EVIDÊNCIAS EDUCACIONAIS

A Rede de Evidências Educacionais, criada pela Portaria 950, de 14 de setembro de 2018, é um espaço institucionalizado de diálogo e colaboração entre o Ministério da Educação e instituições e pesquisadores sobre o uso de evidência e inovação para melhorar a educação pública brasileira. A rede possui as seguintes atribuições:

I - Criar um espaço troca de experiências e ideias sobre uso de evidências e inovação em educação;

II - Promover discussões metodológicas sobre a prática de avaliação no Brasil;

III - Apoiar tecnicamente a concepção e a condução de projetos-piloto realizados no âmbito do Ministério da Educação;

IV - Colaborar com a promoção do uso apropriado de evidências e fomento da cultura de inovação no cenário educacional brasileiro;

V- Apoiar as ações realizadas no âmbito da Assessoria Estratégica de Evidências, do Gabinete do Ministro.

A Rede de Evidências é formada por pesquisadores, instituições públicas e privadas, alinhados com o interesse público e com as diretrizes das políticas educacionais do MEC. Os critérios de elegibilidade para ingresso são:

I. Possuir renome na área de evidências em educação;

II. Possuir experiência em avaliação de impacto ou inovação educacional;

III. Apoiar iniciativas que fomentem o uso de evidências educacionais;

IV.Promover o debate sobre evidências em educação; e

V.Ter gerado evidências para aprimoramento da educação brasileira.

Para saber mais, acesse a portaria que institui a Rede de Evidências. Em caso de dúvidas ou para sinalizar interesse em participar, entre em contato conosco pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..


QUEM É QUEM

Assessora Especial: Daniela M. de Franco Ribeiro
Esplanada dos Ministérios, Bl. L - 8º Andar - Gabinete
70047-900 - Brasília - DF
Telefone: (61) 2022-7953 / 7978
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Assessora: Manoela Vilela Araújo
Esplanada dos Ministérios, Bl. L - 8º Andar - Gabinete
70047-900 - Brasília - DF
Telefone: (61) 2022-7953 / 7978
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Analista: Flávia Defacio
Esplanada dos Ministérios, Bl. L - 8º Andar - Gabinete
70047-900 - Brasília - DF
Telefone: (61) 2022-7953 / 7978
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Analista: Tomaz Santos Vicente
Esplanada dos Ministérios, Bl. L - 8º Andar - Gabinete
70047-900 - Brasília - DF
Telefone: (61) 2022-7953 / 7978
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Analista: Vitor Knöbl Moneo
Esplanada dos Ministérios, Bl. L - 8º Andar - Gabinete
70047-900 - Brasília - DF
Telefone: (61) 2022-7953 / 7978
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


FALE CONOSCO
(61) 2022-7978 ou O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

X
Fim do conteúdo da página