Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Acessibilidade > Prestação de Contas > Prestação de contas 2006
Início do conteúdo da página

ProUni já tem mais de 73 mil inscrições

Para concorrer ao ProUni o candidato deve ter feito o Enem em 2007 e obtido média mínima de 45 pontos (Foto: Julio Paes)O Programa Universidade para Todos (ProUni) recebeu até esta quinta-feira, 29, mais de 73 mil inscrições. O maior número de inscrições é dos estados de São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Estes estados também são os que ofertam o maior número de bolsas, entre as 119.529 do ProUni.

Em São Paulo, estão disponíveis 33.651 bolsas, sendo 11.687 integrais, 12.468 parciais (50%), 9.496 complementares (25%). As instituições de ensino superior mineiras ofertam 16.231 bolsas, sendo 5.981 integrais, 4.541 parciais e 5.709 complementares. No estado da Bahia, podem ser beneficiados 10.858 estudantes, sendo 2.583 com bolsas integrais, 2.270 parciais e 6.005 complementares.

Para concorrer, o candidato deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2007 e obtido média mínima de 45 pontos, além de ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou na rede particular na condição de bolsista integral, comprovar renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio (R$ 622,50) para concorrer à bolsa integral e até três salários mínimos (R$ 1.245,00) para a bolsa parcial de 50% do valor da mensalidade.

Fies — Os alunos beneficiados com bolsas parciais do ProUni — ou seja, de 50% — podem financiar o resto por meio do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies). Para obter o financiamento, o estudante não precisa passar por processo seletivo. No entanto, ele deve estar matriculado em instituição que participe do Fies e que solicite o financiamento no período definido pelo Ministério da Educação.

Outra facilidade para o aluno é o fiador solidário, que possibilita a formação de grupos de três a cinco estudantes da mesma instituição de ensino, que passarão a ser fiadores entre si. Dessa forma, ele não precisa apresentar o fiador tradicional. Para saber como formar o grupo, a Caixa Econômica Federal possui um cadastro de estudantes interessados em participar da fiança solidária.

Mais informações na página eletrônica do Programa Universidade para Todos.

Assessoria de Imprensa SESu/MEC

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página