Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Acessibilidade > Perguntas Frequentes > Prouni > Reclassificados ProUni: documentos até o dia 5 de março
Início do conteúdo da página

ProUni rompe ciclo perverso nas famílias pobres, diz Lula

O Programa Universidade para Todos (ProUni) foi citado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva como uma política de combate à desigualdade social e racial no país. Na abertura da 1ª Conferência Nacional para Promoção da Igualdade Racial, que se realiza em Brasília até o próximo dia 2, Lula disse que o ProUni rompeu um ciclo perverso em que pais e mães de famílias pobres que não tiveram acesso a um curso superior passavam essa herança para seus filhos.

Como "não puderam fazer curso superior, ocupam sempre os piores postos de trabalho e recebem os menores salários. Isto praticamente condena os seus filhos a não terem, também, as condições para cursar uma universidade", disse o presidente, referindo-se aos chefes de famílias de baixa renda.

Esse ciclo, acrescentou, criou grupos sociais de pessoas sem universidade, especialmente os habitantes de periferias das cidades, os negros, os indígenas e os portadores de deficiência física.

Lula enfatizou que o ProUni permite a concessão de bolsas de estudo a mais de 110 mil alunos. Dessas, cerca de 40 mil se destinam a jovens de origem negra. São vagas, lembrou o presidente, "destinadas à população negra que, possivelmente, tem nesse programa a maior inclusão universitária já feita na história do nosso país".

Com informações da Agência Brasil.

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página