Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Adesão ao ProInfância termina sexta
Início do conteúdo da página
Educação de jovens e adultos

Pastoral da Criança entrega ao MEC projeto de alfabetização de jovens e adultos

  • Terça-feira, 09 de agosto de 2005, 16h21

Foto: Júlio César PaesA presidente da Pastoral da Criança, Zilda Arns, apresentou nesta terça-feira, 9, ao ministro da Educação, Fernando Haddad, um projeto de alfabetização de jovens e adultos para ser executado nas periferias pobres de municípios das regiões Nordeste, exceto o Maranhão, Sudeste e Sul. O projeto prevê a alfabetização de seis mil pessoas.

Para executar essa ação, a pastoral solicitou ao MEC R$ 790.580,00, que serão investidos na capacitação de monitores e de supervisores, confecção de material didático e para ajuda de custos aos alfabetizadores. Como a pastoral trabalha com voluntários, explicou Zilda Arns, os alfabetizadores não recebem remuneração, mas ajuda para o transporte e alimentação. O projeto prevê 360 horas-aula distribuídas em nove módulos de 40 horas. Na oferta de alfabetização, explica, são prioridades da pastoral as lideranças e os pais das crianças atendidas. A instituição acompanha hoje mais de 1,8 milhão de crianças com até seis anos em todos os estados e cobre 70% dos municípios.

Convênios - Em 2003, ano em que o programa foi criado, a Pastoral da Criança firmou convênio com o Ministério da Educação para formar 654 alfabetizadores e ensinar a ler e a escrever 7.776 jovens acima de 15 anos e adultos. O MEC repassou R$ 681.652,80. Em 2004, fez convênio no valor de R$ 106.920,00 para a formação de 900 alfabetizadores. Criada em 1983, pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a pastoral atua nas áreas de pobreza com ações de saúde, nutrição, educação, cidadania e controle social.

Repórter: Ionice Lorenzoni

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página