Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Educação de jovens e adultos

Desempenho da modalidade EJA no Enem 2005 está na internet

  • Sexta-feira, 02 de junho de 2006, 11h37

Um total de 63% das escolas de educação de jovens e adultos (EJA) participou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano passado

A partir de hoje, quem consultar as notas médias do Enem 2005, por município e por escola, na página eletrônica do Inep, poderá conferir também o desempenho médio na modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA), antigo supletivo. A iniciativa torna a consulta mais detalhada, pois permite que se analise separadamente os resultados de cada uma das três modalidades de ensino: regular, profissionalizante e EJA.

Em fevereiro deste ano, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC) divulgou pela primeira vez os resultados do Enem por escola, disponibilizando para consulta as médias dos alunos das escolas brasileiras que participaram do Exame. Em 2005, quase metade de todos os concluintes do ensino médio participaram do Enem, apesar de ele ser voluntário.

O presidente do Inep, Reynaldo Fernandes, frisa que a ampla participação no Enem faz dele uma fonte rica de informações. “O recorte da educação de jovens e adultos aprimora o instrumento de consulta e atende à solicitação de dirigentes educacionais e da sociedade em conhecer detalhes sobre a participação do EJA no Enem”, destaca Reynaldo Fernandes.

Do total de 22.038 escolas participantes, 4.843 são escolas que oferecem, exclusivamente ou não, a educação de jovens e adultos como modalidade de ensino médio. Isso significa que cerca de 63% das escolas brasileiras que oferecem EJA participaram do Enem, um número relevante em termos de unidades de ensino.

No universo de participantes da prova, os quase 65 mil alunos de EJA representam aproximadamente 8% do total, enquanto 81% são alunos do ensino regular e 11% do ensino profissionalizante. Das escolas de EJA participantes do Enem, 44,60% terão conceito divulgado pelo Inep, já que para ser incluído no cálculo o estabelecimento teria que ter um mínimo de 10 estudantes concluintes na prova.

Médias – A média de desempenho das escolas públicas e privadas brasileiras no Enem 2005 é 43,93, considerando-se as três modalidades em conjunto. Essa nota vai de 0 a 100 e agrega o desempenho na parte objetiva da prova e na redação, com correção técnica que simula um ambiente de participação total de alunos, ou seja, que estima qual média seria obtida caso todos os alunos de cada escola participassem do exame. Considerando-se apenas o ensino regular e profissionalizante, a média geral das escolas fica em 44,66.

A média das escolas que oferecem ensino regular, profissionalizante e EJA é 40,32 na rede pública e 55,77 na rede privada. Quando considerados apenas o ensino regular e o profissionalizante, as médias nas duas redes variam pouco: 40,97 e 56,22, respectivamente.

Na modalidade de educação de jovens e adultos, o desempenho médio nacional, para escolas públicas e privadas, é 35,75. Na rede pública, a média é 35,51 e, no ensino privado, 40,00. (Assessoria de Imprensa do Inep)

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página