Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Consulta pública das escolas cívico-militares: saiba o que é importante para aderir ao modelo
Início do conteúdo da página
Educação especial

Ines abre curso superior em Libras e português

  • Sexta-feira, 23 de março de 2007, 13h24

A formação de professores bilíngües para atender à política de educação inclusiva do Ministério da Educação nas redes públicas e nas escolas especializadas, sem fins lucrativos, ganha novo impulso. O Instituto Nacional de Surdos (Ines/MEC), escola pública do Rio de Janeiro, abre, no próximo dia 2 de abril, a segunda turma do curso superior bilíngüe em Língua Brasileira de Sinais (Libras) e português. A licenciatura é presencial, com duração de quatro anos.

Os 60 alunos aprovados no vestibular formam duas turmas mistas de estudantes surdos e ouvintes selecionados entre 300 candidatos. Metade dos estudantes, 30, receberá habilitação para trabalhar com educação infantil (zero a cinco anos). A outra parte será habilitada para lecionar nas séries iniciais do ensino fundamental (1ª a 4ª ou 1ª a 5ª no caso do ensino ser de oito ou de nove anos). Curso inclusivo, a licenciatura bilíngüe em turmas mistas visa ampliar a prática da linguagem de sinais entre os alunos ouvintes.

O magistério superior bilíngüe tem duração de 3.536 horas e estágio supervisionado de 408 horas, com certificado do Instituto Superior Bilíngüe de Educação, unidade do Ines. No ano passado, o instituto fez o primeiro vestibular para duas turmas de 30 alunos. Também em 2006, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em parceria com outras nove instituições de ensino superior públicas, abriu uma licenciatura em letras e Libras. Foram selecionados 500 candidatos, 50 em cada universidade, para um curso de quatro anos, nas modalidades presencial e a distância.

Autorização — Escola pública federal, o Ines tem, desde 15 de agosto de 2005, autorização do Ministério da Educação para oferecer ensino superior. Com a turma de 2007, a habilitação em Libras/português do Ines soma 120 alunos. Da educação infantil ao ensino fundamental, o instituto atende hoje cerca de 600 estudantes.

Ionice Lorenzoni

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página