Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Abertas inscrições para seleção de mestrado em educação profissional e tecnológica
Início do conteúdo da página
Educação indígena

Educação indígena ganha estatísticas

  • Terça-feira, 17 de abril de 2007, 10h19

Será lançada nesta quarta-feira, dia 18, no Conselho Nacional de Educação (CNE), a obra Estatísticas sobre Educação Escolar Indígena do Brasil. A publicação foi elaborada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep/MEC) e pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad /MEC) com base nos dados do Censo Escolar de 2005.

Foram coletadas informações sobre matrículas, professores e infra-estrutura de todas as etapas e modalidades da educação básica. Com perguntas específicas sobre educação escolar indígena foi possível reunir informações sobre as escolas da modalidade em todas as regiões brasileiras.

As análises referem-se, por exemplo, à diversidade sociocultural, às escolas indígenas no sistema de ensino, ao Censo Escolar Indígena de 1999, a professores e estudantes, além de dados sobre infra-estrutura. A publicação também oferece uma comparação dos resultados de 1999 e 2005.

O trabalho faz parte da política nacional de educação escolar diferenciada, desenvolvida pelo Ministério da Educação desde 1991. Seu objetivo é o reconhecimento e a valorização da diversidade étnica representada por mais de 220 povos indígenas. Neste sentido, o MEC desenvolve programas e projetos em parceria com os sistemas de ensino estaduais e municipais, universidades e organizações não-governamentais indígenas e de apoio aos índios.

O lançamento, às 15h, ocorrerá durante o debate Um Olhar sobre a Educação Escolar Indígena, que faz parte da pauta de abril da reunião ordinária da Câmara de Educação Básica do CNE. (Assessoria de Imprensa Inep)

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página