Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Edital do exame contém mudanças na inscrição e mais segurança
Início do conteúdo da página
Refugiados

Unila oferece vagas de graduação; inscrições vão até 18 de julho

  • Sexta-feira, 12 de julho de 2019, 18h31

Portadores de visto humanitário ou pessoas com status de refugiado de qualquer nacionalidade que residam no Brasil podem candidatar-se a uma vaga em um dos 29 cursos de graduação da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila). As inscrições são gratuitas e estão abertas até 18 de julho.

Além de ter status de refugiado, serem solicitantes de refúgio ou portadores de visto humanitário reconhecido pelo Brasil, o candidato também precisa:

  • ter concluído o ensino médio;
  • não possuir vínculo ativo com a Unila;
  • ter, no mínimo, 18 anos até 1º de fevereiro de 2020;
  • residir há mais de seis meses no Brasil ou apresentar certificado de proficiência em língua portuguesa.

Todos os estudantes selecionados deverão estar em Foz do Iguaçu em fevereiro de 2020 para os procedimentos de matrícula. A previsão é de que as aulas tenham início em março do mesmo ano. A data será divulgada posteriormente no calendário acadêmico da Unila.

Após serem convocados e matriculados, os refugiados e portadores de visto humanitário poderão solicitar os auxílios estudantis do Programa de Assistência Estudantil da Unila.

O quantitativo de vagas para os auxílios de moradia, alimentação e transporte dependerá da disponibilidade orçamentária da Universidade para o próximo ano.

Este é o segundo ano consecutivo que a Unila realiza o processo seletivo especial para imigrantes refugiados e com visto humanitário. Em 2019, ingressaram na Universidade 18 estudantes vindos de países como Venezuela, Angola, Guiné-Bissau, Paquistão e Rússia.

Assessoria de Comunicação Social, com informações da Unila

X
Fim do conteúdo da página