Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC lança programa focado nos alunos dos últimos anos do ensino fundamental
Início do conteúdo da página
Ações internacionais

Ministros debatem conversão da dívida externa em recursos para educação com CNTE e CUT

  • Quarta-feira, 27 de abril de 2005, 15h26

Os ministros da Casa Civil, José Dirceu, da Educação, Tarso Genro e da Coordenação Política, Aldo Rebelo, receberam nesta quarta, 27, no Palácio do Planalto, representantes das diretorias da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT) para debater a troca da dívida externa por investimentos em educação e o novo financiamento da educação básica (Fundeb).

Na oportunidade, Tarso Genro falou sobre a posição do governo frente às duas demandas apresentadas. "O governo não só está interessado como já faz um trabalho internacional na questão da conversão da dívida em educação e incorpora, inclusive, representantes de entidades, num grupo de trabalho misto do governo, para uma elaboração técnica do processo político. Em relação ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), o ministro disse que a proposta do MEC está fortalecida, pois foi acolhida pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. "Tenho advertido internamente o governo que a proposta do presidente Lula, de fazer uma revolução de qualidade na educação brasileira e expansão no ensino médio, não será feita sem o Fundeb", observou o ministro.

A presidente da CNTE, Juçara Dutra, saiu satisfeita da reunião. "O debate foi produtivo, pois o governo anunciou que vai mandar o projeto de emenda constitucional do fundo da educação para o Congresso, em tempo de ser votado".

Antes do encontro na Casa Civil, ocorreu a marcha dos trabalhadores em educação, que reuniu mais de 4 mil manifestantes na Esplanada dos Ministérios, em campanha pela conversão da dívida externa em investimentos para a educação e pela aprovação do novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Participaram do encontro além dos ministros, parlamentares engajados nas questões de educação e os presidentes da União Nacional de Estudantes (UNE) e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes).

Repórter:Sandro Santos

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página