Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Internacional

Brasil e China celebram parceria científica inédita

  • Sexta-feira, 25 de outubro de 2019, 12h41

O foco da iniciativa é no desenvolvimento de pesquisas em áreas relacionadas à educação

Intercâmbio acadêmico, educacional e científico para professores, pesquisadores e pós-doutorandos. É isso que o Brasil acaba de ganhar com um inédito acordo de colaboração internacional assinado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), vinculada ao Ministério da Educação (MEC), com a National Natural Science Foundation of China (NSFC), agência de fomento à pesquisa e inovação chinesa, nesta sexta-feira, 25 de outubro.

Em visita à Capes, na última terça-feira, 22, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, destacou a importância do novo acordo. “O objetivo é fechar uma série de parcerias com a China, país que hoje é a locomotiva de crescimento do mundo, para trazer ao Brasil mais recursos, mais oportunidades e mais áreas de pesquisa para os estudantes terem um futuro melhor”, disse.

O presidente da Capes, Anderson Correia, destacou que o acordo vai beneficiar a internacionalização de iniciativas do MEC, como o Future-se, programa que tem o objetivo de estimular a autonomia financeira e o empreendedorismo nas universidades e institutos federais. A assinatura da colaboração vai aproximar universidades brasileiras e chinesas, fortalecendo redes de pesquisa internacional.

Pelo Programa Institucional de Internacionalização (Capes PrInt), 11 instituições brasileiras têm projetos com 18 universidades chinesas. A novidade prevê ainda a realização de seminários, workshops e conferências. O convênio é um dos frutos da missão do presidente Jair Bolsonaro na Ásia.

Assessoria de Comunicação Social, com informações da Capes

X
Fim do conteúdo da página