Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Divulgados nomes dos vencedores do 2º Prêmio Inep de Jornalismo
Início do conteúdo da página
Outras

Rede gaúcha tem metas a cumprir

  • Segunda-feira, 24 de março de 2008, 15h05

A definição de um conjunto de metas orientadoras que visam assegurar o direito de aprender destacou a secretaria municipal de educação de Farroupilha, no Rio Grande do Sul, na pesquisa Redes de Aprendizagem – boas práticas de municípios que asseguram o direito de aprender, a ser divulgada nesta terça-feira, 25, em Brasília.

Em 2007, a rede municipal de Farroupilha construiu um documento que registra as metas e, principalmente, o compromisso com o direito de aprender: toda criança aos oito anos saberá ler e escrever, toda escola trabalhará para reduzir a reprovação e a rede buscará ampliar os conhecimentos dos alunos em todas as áreas. O investimento permanente na formação continuada dos professores e a valorização das ações pedagógicas complementam o compromisso, que tem como objetivo fazer uma escola criativa, educadora, onde o aluno é o centro.

O planejamento escolar é outro ponto relevante na vida da rede. Por decisão coletiva de gestores e profissionais da educação, o planejamento foi integrado à rotina escolar, com tempo fixo semanal, para que os professores desenvolvam essa atividade, troquem experiências e estudem.

Em Farroupilha, os educadores com carga horária de 20 horas semanais dispõem de quatro horas para se dedicar a essa tarefa; aqueles com 40 horas semanais dispõem de oito horas. Esses períodos são contabilizados como tempo de trabalho regular. As reuniões são organizadas de modo a permitir que, enquanto os professores planejam, estudam e trocam experiências, os alunos fazem atividades complementares dentro ou fora da escola.

Entre os resultados do planejamento e da troca de idéias de gestores, professores e servidores da rede, o município criou em 2007, nas 26 escolas da rede, o projeto Caminhos da Leitura. O objetivo da iniciativa foi estabelecer uma política permanente de formação de leitores e de aproximar os cidadãos da literatura. O projeto Caminhos da Leitura incentiva os alunos a produzir poesia, organiza feiras do livro, mostras sobre escritores e, mensalmente, realiza saraus literários.

Para comemorar os 72 anos de emancipação da cidade, a rede lançou o concurso estudantil de contos e poesias. O prêmio mobilizou 192 alunos dos ensinos fundamental e médio, sendo que os melhores textos foram reunidos no livro Trilhando Idéias nos Caminhos da Leitura.

Farroupilha tem 61.799 habitantes, 5.973 alunos matriculados na educação básica e 26 escolas, sendo 12 urbanas e 14 rurais. O Ideb nos anos iniciais do ensino fundamental é 5,2, acima da média nacional, 3,8.

No Rio Grande do Sul, outras três redes municipais foram destacadas na pesquisa Redes de Aprendizagem: Horizontina, com Ideb 4,6; Arroio do Meio, com 5,1; e Sapiranga, com 4,7.

Redes de sucesso ― A publicação Redes de Aprendizagem — boas práticas de municípios que garantem o direito de aprender apresenta os resultados de um estudo realizado em 37 redes municipais de ensino de 15 estados, nas cinco regiões do país, selecionadas a partir do Ideb e do contexto socioeconômico dos alunos e de suas famílias. O estudo é um trabalho conjunto do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e do Ministério da Educação, por meio do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), elaborado no período de outubro a novembro de 2007.

As redes foram escolhidas com base no cruzamento de informações socioeconômicas dos alunos, extraídas do questionário que faz parte da Prova Brasil, com informações dos municípios e com o Ideb. Depois de selecionadas, as redes foram visitadas por pesquisadores que entrevistaram todos os envolvidos no processo, do gestor ao aluno. Entre os objetivos principais do MEC e seus parceiros com a pesquisa, estão identificar boas práticas de redes municipais espalhadas pelo Brasil e oferecer os exemplos para as demais.

Ao analisar as razões apontadas pelos responsáveis pelo sucesso de cada uma das 37 redes, foram identificados dez pontos presentes na maioria delas. Trata-se de um conjunto de ações e práticas articuladas que estão em sintonia com o PDE, lançado pelo MEC em abril de 2007: foco na aprendizagem, consciência e práticas de rede, planejamento, avaliação, perfil do professor, formação do corpo docente, valorização da leitura, atenção individual ao aluno, atividades complementares e parcerias.

Os pesquisadores perguntaram: o que essa rede faz para garantir o direito de aprender? E as respostas foram dadas por gestores, diretores, professores, funcionários, alunos e pais.

Participaram da pesquisa redes de municípios com populações que variam de 6.379 a 788.773 habitantes, representativas da diversidade e dos desafios encontrados nos 5.564 municípios brasileiros.

Assessoria de Comunicação Social

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página