Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Hospitais oferecem tratamento para transtornos alimentares
Início do conteúdo da página
Financiamento estudantil

Documentos têm validade mais ampla com a greve nos bancos

  • Quinta-feira, 20 de setembro de 2012, 14h38
O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) decidiu prorrogar o prazo de validade dos documentos necessários para a contratação e o aditamento (renovação) das operações de crédito do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O objetivo da medida é evitar que estudantes sejam prejudicados com a interrupção dos serviços bancários, em razão da greve dos trabalhadores, deflagrada em âmbito nacional.

Com a decisão, os beneficiários não precisarão se apressar para ir às agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, agentes financeiros do Fies, após o término da paralisação. As agências desses agentes devem receber, até o vigésimo dia depois do término da paralisação, o documento de regularidade de inscrição (DRI) e o documento de regularidade de matrícula (DRM) que vencerem durante ou em até dez dias após o fim da greve.

Desde que o FNDE passou a ser o agente operador do Fies, em 2010, foram firmados mais de 535 mil contratos de financiamento estudantil. Apenas neste ano, foram assinados mais de 305 mil.

A prorrogação foi determinada pela Resolução do FNDE nº 5/2012, publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 20, seção 1, página 10.

Assessoria de Comunicação Social do FNDE

Assunto(s): Fies , bancos , greve , prorrogação
X
Fim do conteúdo da página