Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Proposta de novas normas para a formação do professor avança
Início do conteúdo da página

ProUni: metade dos selecionados é afrodescendente

Foto: Wanderley PessoaO Programa Universidade para Todos (ProUni) vem cumprindo seu papel de democratizar o acesso de jovens de baixa renda e afrodescendentes ao ensino superior. Dos 85.920 estudantes pré-selecionados na primeira fase do programa, 43.376 são afrodescendentes, o que representa 50,48% do total.

“Esse resultado mostra que o ProUni funciona mesmo como uma oportunidade para jovens de baixa renda entrarem na universidade”, disse Celso Carneiro Ribeiro, diretor do Departamento de Modernização e Programas da Educação Superior do MEC.

O ProUni recebeu inscrições de 797.840 estudantes. Ou seja, 130% a mais em relação a 2005. Cada candidato pôde se inscrever em até cinco cursos. O número de instituições que participam do programa também cresceu: de 1.142 em 2005 para 1.232 este ano. Das 91,1 mil bolsas oferecidas, 63.027 são integrais e 28.073, parciais. Outras 40 mil, aproximadamente, estarão disponíveis no segundo semestre.

As 85.920 bolsas preenchidas na primeira etapa do programa representam 94,4% do total.

Os contemplados na primeira e na segunda fases têm até o dia 3 de fevereiro para apresentar documentos pessoais e comprovar renda familiar e escolaridade na instituição de ensino na qual foram aprovados.

Os interessados nas 5.180 bolsas remanescentes podem se inscrever na página eletrônica do ProUni até sábado, dia 14. O resultado será divulgado na segunda-feira, 16. Estão disponíveis no site a quantidade de bolsas e a relação das instituições que ainda têm vagas.

Repórter: Flavia Nery

 

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página