Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Enem 2017

Candidatos aprovam primeiro dia e o tema da redação

  • Domingo, 05 de novembro de 2017, 18h57

O primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 agradou aos candidatos que buscam uma vaga em uma faculdade ou querem ingressar no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A redação, aplicada neste domingo, 5, veio junto às questões de Linguagens, Códigos e suas tecnologias e Ciências humanas e suas tecnologias..

 

Júnior Rodrigues dedica cinco horas diárias aos estudos, mas adverte: “Não basta só estudar. É preciso estar atento à atualidade” (Foto: Mariana Leal/MEC)

Na avaliação de Júnior Rodrigues dos Santos, 29 anos, a prova foi bem objetiva e trouxe questionamentos sobre os mais variados temas. “Algumas questões abordaram assuntos diferentes, não só com temas atuais, como também questões do passado”, explicou o estudante, que sonha entrar na faculdade para estudar o curso de direito.

Com uma rotina de cinco horas de estudos diários, Júnior acredita que, para ir bem no Enem, o aluno precisa estar atento à atualidade. “Não basta só estudar”, adverte. “É preciso ler muito e estar informado sobre o que acontece no mundo. Temos que nos se atualizar.”

Larissa Gonçalves já cursa uma faculdade e gostou do tema da redação: “Fiquei um pouco confusa, mas depois consegui escrever bem” (Foto: Mariana Leal/MEC)

Larissa Ferreira Gonçalves, 18, cursa psicologia na UnB, mas decidiu fazer o Enem deste ano porque pretende ingressar em mais uma faculdade: “Estou no primeiro período de psicologia e, se conseguir, quero começar gastronomia no meio do ano que vem”. 

O tema da redação, “Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil”, chamou a atenção e também agradou aos candidatos.  “Foi tranquilo”, avaliou Larissa. “Na construção da nossa dissertação, é importante darmos exemplos e fazermos citações. Nessa hora, eu fiquei um pouco confusa, mas depois consegui escrever bem.”

Sobre a prova do próximo domingo, quando serão aplicados os testes de Ciências da natureza e suas tecnologias e Matemática e suas tecnologias, a estudante se mostrou ainda mais empolgada: “Acho que vou sair mais tranquila da prova no domingo que vem. Mesmo sendo de humanas, eu ainda prefiro exatas na prova do Enem”. 

Rodrigo Bargato, de 16 anos, fez o Enem só para avaliar seu conhecimento e saiu do exame com boa impressão: “Acho que fui bem na prova” (Foto: Mariana Leal/MEC)

Experiência – Muitos alunos aproveitaram para prestar o Enem deste ano apenas como um teste para mensurar o grau de conhecimento em que se encontram. É o caso de Rodrigo Bargato, 16, que ficou satisfeito com o seu desempenho. “Acho que fui bem na prova”, resumiu. “Agora estou preocupado com o segundo dia, com as questões de exatas. Sou um cara mais de humanas, mas tomara que dê tudo certo.” Mesmo se autoavaliando como não muito bom em matemática, ele quer seguir os passos do pai e cursar economia.

Assessoria de Comunicação Social

 

Assunto(s): Enem , Prova , redação
X
Fim do conteúdo da página