Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Formação de professores

Município que deve informação perderá vaga no Pró-Letramento

  • Quinta-feira, 13 de agosto de 2009, 17h05

Mais de mil municípios ganharam prazo até o dia 31 para completar dados e assegurar a adesão ao Pró-Letramento, programa do Ministério da Educação que qualifica professores dos anos iniciais do ensino fundamental nas disciplinas de língua portuguesa e matemática. O prazo de inscrição já foi encerrado, mas a Secretaria de Educação Básica (SEB) do MEC constatou que, dos 2.849 municípios que aderiram ao programa, mais de mil deixaram incompletos dados essenciais para garantir a participação dos professores nos cursos.


Assim, a secretaria municipal de educação que apenas assinalou o item adesão precisa preencher dados de três campos no Plano de Ações Articuladas (PAR), na internet — número e nome dos professores candidatos à qualificação; relação de nomes dos tutores que precisam de formação; total de kits de materiais didático-formativos necessários ao município.


De acordo com a SEB, a programação do Pró-Letramento feita agora pelos municípios visa ao ingresso de professores em cursos de formação continuada em 2010. Dados da secretaria relativos a 2009 indicam que aproximadamente cem mil professores estão em turmas de língua portuguesa ou matemática e que 3,2 mil tutores acompanham os cursistas.


O Pró-Letramento é um curso de formação continuada para professores das escolas públicas que estejam em atividade em sala de aula. Criado em 2005, oferece duas qualificações, de 120 horas cada uma, em língua portuguesa e matemática, com duração de oito meses. O curso combina encontros presenciais e atividades individuais. É desenvolvido pelo MEC em parceria com 19 universidades integrantes da rede nacional de formação continuada e com a adesão de estados e municípios.

Ionice Lorenzoni

Assunto(s): Pró-letramento , PAR
X
Fim do conteúdo da página