Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Educação profissional

Ministro empossa reitores e destaca ação de institutos

  • Segunda-feira, 06 de fevereiro de 2012, 17h06
Os reitores Vicente de Almeida (esq) e Francisco Sobral são empossados pelo ministro Mercadante (Foto: Wanderley Pessoa)Na primeira solenidade de posse de reitores como ministro da Educação, Aloizio Mercadante destacou, na manhã desta segunda-feira, 6, a contribuição dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia para tornar o Brasil uma potência econômica emergente — é a sexta maior economia do mundo — e para a redução das desigualdades econômicas.

Foram empossados os reitores do Instituto Federal Catarinense, Francisco Montório Sobral, e do Instituto Federal Goiano, Vicente Pereira de Almeida. “Precisamos alavancar a economia do interior, e os institutos federais são os instrumentos, já que contribuem para o desenvolvimento dos arranjos produtivos locais e para reduzirmos as desigualdades regionais”, afirmou o ministro.

Participaram da cerimônia o secretário de educação profissional e tecnológica do MEC, Eliezer Pacheco, e dirigentes de institutos federais. Durante a solenidade, o ministro ressaltou ainda o papel que a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica ocupa nas políticas da educação necessárias ao desenvolvimento do país. Ele citou como exemplo o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “O grande eixo estruturante dessas políticas serão os institutos federais, decisivos para sua expansão”, afirmou.

Para Eliezer Pacheco, os institutos federais adquiriram legitimidade nos últimos anos, não apenas perante a comunidade acadêmica.

Os novos reitores foram estudantes da Rede Federal, fato destacado como exemplo pelo ministro. “É gratificante ser dirigente máximo da instituição na qual estudei e treinei toda a minha vida”, disse Almeida, ao ser empossado. Ele é doutor em ciência da terra e do meio ambiente pela Universidad de La Coruña, Espanha, e mestre em agronomia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Antes de ocupar a reitoria do Instituto Federal Goiano, foi pró-reitor de desenvolvimento institucional, além de diretor-geral, professor e coordenador de supervisão pedagógica do campus de Rio Verde, na época Escola Agrotécnica Federal. Lá, obteve a primeira formação, na década de 1980.

Francisco José Montório Sobral é professor do Instituto Federal Catarinense desde 1987. Doutor em educação pela Unicamp, formou-se, pela primeira vez, como técnico em agropecuária pela então Escola Agrotécnica Federal de Concórdia, hoje campus Concórdia do instituto que dirige. Antes de ser eleito, atuou como diretor de ensino, assessor pedagógico e professor da instituição.

Assessoria de Comunicação Social

Ouça o ministro Aloizio Mercadante
X
Fim do conteúdo da página