Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Hospitais universitários

Cresce número de consultas e internações na rede da Ebserh

  • Quinta-feira, 20 de abril de 2017, 16h21

A rede de hospitais universitários filiados à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) apresentou, em 2016, crescimento de 11% no número de consultas em relação a 2015. A quantidade de atendimentos chegou a 641.772 e a de internações teve aumento de 4%, alcançando 11.541. Os dados constam do Relatório de Administração de 2016, divulgados na quarta-feira, 19, durante reunião do Conselho de Administração da estatal.

O documento também aponta avanços na parte assistencial, na gestão das unidades e nas contratações. “Os dados mostram a evolução que tivemos em 2016, apesar de ter sido um ano economicamente difícil para o país. Isso significa que estamos no caminho certo; temos o que aperfeiçoar, mas já conseguimos bons resultados até aqui”, ressaltou o presidente da Ebserh, Kleber Morais.

Dentre as ações da empresa, destaca-se ainda a realização do 1º Mutirão Nacional da Rede Ebserh, por meio do qual foram feitas 664 cirurgias, cerca de 2 mil exames e 879 consultas em um mesmo dia. A iniciativa ajudou a diminuir a demanda de procedimentos nas mais diversas especialidades.

Também houve evolução na área de gestão, que afeta diretamente os serviços oferecidos ao cidadão. Em 2016, foram convocados cerca de 3,9 mil profissionais aprovados em concursos públicos para as unidades hospitalares de todo o país. Outro destaque se refere à revisão dos contratos com o Sistema Único de Saúde (SUS), que representam a principal receita de um hospital universitário público. Foram reavaliados os contratos de 14 filiais, com crescimento nos valores repassados.

A Ebserh também apoiou o desenvolvimento do ensino e da pesquisa. No ano passado, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior do Ministério da Educação (Capes) aprovou o mestrado profissional em gestão e inovação em saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Estatal vinculada ao MEC, a Ebserh administra, atualmente, 39 hospitais universitários federais. O objetivo é aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas universidades.

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Assessoria de Comunicação Social, com informações da Ebserh

X
Fim do conteúdo da página