Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Base Comum Curricular será homologada por ministro da Educação Mendonça Filho no dia 20
Início do conteúdo da página
Nota de pesar

MEC lamenta a morte do crítico literário Antonio Candido

  • Sexta-feira, 12 de maio de 2017, 14h22

O MEC lamenta o falecimento, na madrugada desta sexta-feira, 12, do crítico literário e o sociólogo Antonio Candido, umas das grandes referências da literatura brasileira nos séculos 20 e 21. 

Antonio Candido, apesar de se apresentar como crítico literário, também foi professor e sociólogo, tendo contribuído com várias instituições de ensino, entre elas a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Estadual Paulista (Unesp), a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade de Paris. 

 Autor de livros como Método Crítico de Silvio Romero (1944), Formação da Literatura Brasileira (1959) e Literatura e Sociedade (1965), ele deixa não só a marca de um grande acadêmico, como também de um pensador que tinha como objetivo ampliar a divulgação da nossa cultura, tanto em jornais quanto em grandes debates.  

Foi Antonio Candido que idealizou o Suplemento Literário do jornal O Estado de S. Paulo, em 1956, reunindo diversos intelectuais em torno desse projeto considerado um sucesso editorial nas décadas de 1950 e 1960.  

Neste momento de dor e de perda, o MEC se solidariza com familiares, amigos e alunos do professor e se coloca à disposição.  

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página