Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Lei obriga ensino de história e cultura afro
Início do conteúdo da página
Educação superior

Mato Grosso do Sul ganha primeiro conselho de reitores das instituições de ensino superior

  • Segunda-feira, 21 de agosto de 2017, 13h16

O ministro da educação, Mendonça Filho, participou na manhã desta segunda-feira, 21, da solenidade de instalação do Conselho de Reitores das Instituições de Ensino Superior do Estado de Mato Grosso do Sul (CRIE-MS) e posse dos conselheiros. A cerimônia aconteceu na Assembleia Legislativa do Estado, em Campo Grande (MS).

Mendonça Filho avaliou como positiva a criação do conselho, iniciativa pioneira no estado. “Essa integração entre as instituições de ensino superior aqui no Mato Grosso do Sul é muito positiva. À medida em que se tem universidades públicas federais e estaduais e instituições privadas se integrando e planejando a atuação na área de educação superior, é algo positivo e que conta com total simpatia do Ministério da Educação”, disse.

 O CRIE reúne universidades públicas e privadas e é formado por seis dirigentes máximos dessas instituições (Foto: Rafael Carvalho/MEC)

O CRIE reúne universidades públicas e privadas com objetivo de fortalecer a educação superior e possibilitar que os conhecimentos produzidos nas instituições de ensino superior subsidiem de forma mais efetiva o desenvolvimento do estado. Ele é formado por seis dirigentes máximos de instituições públicas e privadas do estado: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), Universidade Anhanguera (Uniderp) e Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) – única instituição do Conselho que, além do ensino superior, oferta educação básica, técnica e tecnológica.

Por meio do alinhamento das atividades e do trabalho em conjunto entre as instituições, o foco principal de atuação do Conselho de Reitores de Instituições de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul será promover a melhoria da educação em todos os níveis e modalidades, unificando a qualidade da educação no Estado. Cinco eixos de atuação foram definidos: internacionalização e mobilidade acadêmica; turismo e cultura; ciência, tecnologia e inovação; excelência na educação básica e superior; e comunicação científica. Os conselheiros irão atuar em grupos de trabalhos para propor estudos e iniciativas relacionados a cada tema.  

O presidente do Conselho será o reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Fábio Edir dos Santos Costa, cujo mandato irá até o final de 2018. Ele pontuou que o principal desafio do CRIE será colaborar no estudo de viabilidade técnica e econômica da chamada Rota, que vai ligar Mato Grosso do Sul aos portos do Chile. “Todo corpo docente, nossos pesquisadores, temos por obrigação subsidiar nossos gestores públicos; auxiliar não só na formação de novas políticas públicas, mas na formação de profissionais das mais diversas áreas”, concluiu.

Assessoria de Comunicação Social

Assunto(s): reitores , conselho , CRIE
X
Fim do conteúdo da página