Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Denúncias no processo eleitoral do Cefet-RJ são encaminhadas à corregedoria
Início do conteúdo da página
Educação tecnológica

Evento em Brasília avalia primeiro ano do Mediotec

  • Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018, 14h19


O Ministério da Educação realizou nesta quarta-feira, 21, em Brasília, o Encontro de Avaliação do Mediotec, ação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) que oferece cursos técnicos simultâneos ao ensino médio. A oferta vale para alunos regularmente matriculados nas redes públicas de educação. O evento, que reúne aproximadamente 100 participantes da rede pública de ensino de todo o país para avaliar o primeiro ano de implementação da política, prossegue até quinta, 22.

Segundo a secretária de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC, Eline Nascimento, o encontro vai servir para afinar as ações do Mediotec. “Estamos com o primeiro semestre de execução e vamos lançar turmas novas, por isso estamos fazendo uma avaliação, juntando os ofertantes e os demandantes para saber quais foram os elementos, as ações que funcionaram melhor, onde o MEC pode apoiar na melhoria das ações; entender o que fez sucesso, o que deu certo”, explicou. “Nossa ideia é escutar a rede ofertante e fazer com que eles dialoguem com a rede demandante, para afinarmos essa relação e também entender onde podemos pode melhorar para as próximas edições”.

O encontro debate as oportunidades de aprendizagem que o programa levou aos estudantes e como ele pode ser melhorado para influenciar ainda mais a vida das pessoas. Para subsidiar as discussões, a diretora de Articulação e Expansão de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Fernanda Marsaro, apresentou um panorama com os resultados obtidos neste primeiro semestre. “Os números estão dentro da expectativa, dentro do que foi anunciado pelo presidente da República, Michel Temer, e ainda teremos o lançamento de novas vagas agora no segundo semestre”, destacou.

Daniel César de Souza, estudante do curso técnico de enfermagem do Mediotec na cidade de São Sebastião, no Distrito Federal, participou do evento e manifestou entusiasmo com os resultados que vem obtendo: “Eu estou muito feliz com esse curso porque vou poder ter muitas oportunidades dentro do mercado de trabalho para melhorar a minha vida profissional”.

No primeiro semestre do Mediotec, foram repassados R$ 512 milhões para as instituições públicas. Os números finais registram 64 mil matrículas em 116 cursos técnicos e 1,8 mil turmas em todo o país. A região Nordeste teve o maior número de matrículas, 27 mil, seguida pelas regiões Sudeste, com 18 mil, e Norte, com 14 mil matrículas.

Atividades – Para debater os temas propostos no encontro, serão realizadas as  seguintes dinâmicas de avaliação: formas de divulgação dos cursos para facilitar o processo de escolha e definição pelos alunos e evitar a evasão devido a uma escolha pouco embasada; seleção do público, que deve considerar características socioeconômicas, como maior vulnerabilidade econômica e social, e psicológicas, como atividades de interesse; acompanhamento psicossocial e pedagógico; processo de pactuação; e acompanhamento de evasão e da oferta.

Os participantes vão avaliar os pontos positivos e sugestões de mudança apresentados durante as dinâmicas, elaboradas a partir de um documento norteador do Mediotec, bem como o próprio sistema de monitoramento do programa.

Além disso, cinco experiências exitosas serão apresentadas por representantes da Fundação Indaiatubana de Educação e Cultura (SP), da Fundação Universidade Estadual do Ceará (CE), do Instituto Dom Moacyr (AC), do Instituto Federal de Rondônia e da Secretaria de Educação do Mato Grosso do Sul.

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página