Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Seminário internacional debate uso de tecnologias na educação
Início do conteúdo da página
Educação básica

MEC libera R$ 18,3 milhões para investimentos na educação em Gravatá (PE)

  • Segunda-feira, 05 de março de 2018, 12h07

Gravatá (PE), 5/3/2018 – O ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou, na manhã desta segunda-feira, 5, em Gravatá, a autorização de R$ 18,3 milhões em investimentos para a educação do município pernambucano, localizado a 84 km da capital, Recife. “Estar aqui hoje anunciando esse investimento coroa um trabalho muito significativo na área da educação”, destacou o ministro. “Gravatá tem muita importância para Pernambuco. É uma cidade que tem peso, história, representatividade no agreste do estado e, portanto, merece sempre uma atenção especial de qualquer gestor público. ”

A verba será utilizada para obras, compra de mobiliários, equipamentos e ônibus para transporte escolar. Serão construídas três creches nos bairros Suíça Brasileira, Nossa Senhora Aparecida e Centro, duas escolas no município e duas quadras esportivas nas escolas José Batista de Melo e de Russinhas.

O ministro reforçou que o futuro das crianças e jovens do país depende fundamentalmente do acesso à educação: “Se a gente assegura educação pública de qualidade, na verdade, nós estamos assegurando um futuro melhor, decente, digno a todas essas crianças e jovens aqui presentes”.

O prefeito de Gravatá, Joaquim Neto, ressalta que esses recursos serão fundamentais para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos locais. “A alegria do povo da cidade está estampada na cara de cada um aqui”, disse. “A educação é tudo, pois não conseguimos melhorar a vida de uma cidade e de um município se não investirmos pesado na educação.”

O ministro Mendonça Filho destacou que os recursos contemplam uma cidade de grande importância no agreste pernambucano (Foto: André Nery/MEC)

A secretária de Educação do município, Carolina de Oliveira Campos, chamou atenção para a importância da parceria da cidade com o governo federal: “Esse investimento vai fazer com que Gravatá alcance índices ainda melhores na área da educação. Ninguém faz nada sozinho, e isso só está sendo possível graças à parceria com o governo federal”.

Presente ao evento, a deputada estadual Priscila Krause (DEM/PE) reforçou que a liberação da verba é significativa para Gravatá: “Com esses recursos, vamos investir naquilo que é prioridade para o desenvolvimento de uma cidade, que é a educação. É a educação que verdadeiramente transforma a vida das pessoas”.

Proinfância – As primeiras unidades são do projeto Proinfância tipo 1, maior tipo de creche que o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao MEC, financia. O local tem capacidade para atender até 376 crianças, em dois turnos, ou 188 crianças em período integral. Já as escolas, com 12 salas de aula cada, terão capacidade de atendimento de até 780 alunos, em dois turnos, ou 390 alunos em período integral.

O município usará a verba também para a compra de dois ônibus escolares, e os mobiliários e equipamentos serão adquiridos para as creches construídas nos bairros Suíça Brasileira e Nossa Senhora Aparecida.

Assessoria de Comunicação Social

Assunto(s): escolas , creches
X
Fim do conteúdo da página