Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Novo ensino médio

Técnicos de secretarias estaduais podem se inscrever em conferência

  • Quinta-feira, 09 de agosto de 2018, 18h49
  • Última atualização em Sexta-feira, 10 de agosto de 2018, 15h13

Como parte das ações do Programa de Apoio ao Novo Ensino Médio, vai ocorrer na próxima segunda-feira, 13, às 15h, uma webconferência voltada aos técnicos das secretarias estaduais de educação para tratar da implementação da Lei nº 13.415/2016, do novo ensino médio. As inscrições já estão abertas. Podem participar os coordenadores estaduais de ensino médio e os coordenadores do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI).

Além de tirar dúvidas, a conferência, promovida pelo Ministério da Educação, tem o objetivo de orientar e auxiliar os coordenadores no processo de construção dos termos de adesão ao programa. Por meio deste termo, as secretarias ficam habilitadas a receber apoio do MEC no processo de implementação do novo ensino médio – que tem prazo para adesão até o dia 31 de agosto.

“O objetivo dessa webconferência é apresentar o programa, as dimensões, os prazos e os encaminhamentos para que os coordenadores possam aderir, e auxiliar os secretários estaduais a mandarem o termo de compromisso que credencia a secretaria a participar do programa”, explicou o coordenador-geral de Ensino Médio do MEC, Wisley Pereira, destacando a importância de participação de todos os coordenadores das secretarias estaduais. “O sistema educacional brasileiro transfere autonomia aos sistemas de ensino. O MEC quer dar suporte técnico e pedagógico para que as secretarias possam concluir este trabalho”, acrescentou.

O Programa de Apoio ao Novo Ensino Médio foi lançado em julho deste ano pelo Ministério da Educação, por meio da Portaria nº 649/2018. O objetivo é o de “ajudar as secretarias estaduais e do Distrito Federal na elaboração e execução do plano de implementação de novo currículo que contemple a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), os diferentes itinerários formativos e a ampliação de carga horária para mil horas anuais”, conforme consta no texto da portaria. 

O novo ensino médio contempla uma mudança estrutural no atual sistema de ensino. Sua implementação busca a oferta de educação de qualidade, com foco na melhoria das taxas de rendimento de aprovação e de desempenho dos estudantes, como também a redução das taxas de reprovação e de abandono nessa etapa de ensino e, consequentemente, a melhoria de aprendizagem dos estudantes. Entre as mudanças estão a flexibilização da grade curricular, permitindo ao estudante a escolha da área de conhecimento para aprofundar seus estudos.

Acesse a página eletrônica da webconferência para fazer a inscrição.

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página