Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Campi Maués e Parintins do Instituto Federal do Amazonas ganham quadras poliesportivas
Início do conteúdo da página
Educação no Ar

Escola pública de Brasília usa celulares e vídeos para ensinar sustentabilidade

  • Quinta-feira, 04 de outubro de 2018, 10h00

Celulares e tablets são grandes aliados dos professores de uma escola pública de ensino médio de Brasília. Por meio do uso da tecnologia, eles conseguem estimular o interesse dos alunos por educação ambiental. Este é o assunto do programa Educação no Ar, produzido pela TV MEC e transmitido pela NBR, que vai ao ar nesta quinta-feira, 4.

Carol Nogueira entrevista o professor Wilson Badaró, que promove saídas de campo dos alunos para feiras, parques e reservas e faz com que eles filmem com um celular e publiquem o material produzido em um blog. O professor explica que o perfil dos estudantes está mudando e a maioria não tem mais aptidão ou gosto pelo ensino tradicional, composto por sala de aula, quadro, muita fala e exposição.

Foi isso que fez com que a escola resolvesse trabalhar o tema sustentabilidade por meio de produção de vídeos, feitos pelos próprios alunos. “Percebemos que você acaba entrando no mundo do estudante. Um mundo que eles dominam mais, que tem mais atrações. Percebemos que a tecnologia não precisa ser usada apenas como uma ferramenta, e sim como um meio pedagógico”, destaca Badaró.

O projeto tem caráter multidisciplinar, ou seja, a escola alia no aprendizado dos alunos matérias como química, biologia, geografia, por exemplo. São realizadas várias saídas a campo para que eles observem in loco o que estão estudando. “Insistimos muito que não é um passeio, é uma pesquisa de campo que eles estão fazendo. Eles estão lá para fazer um trabalho para melhorar a qualidade de ensino”, comenta o professor.

Assessoria de Comunicação Social

 

Assunto(s): TVMEC , tecnologia , Educação no Ar , NBR
X
Fim do conteúdo da página