Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Jornalismo

Programa Rede Escola aborda premiação para os professores

  • Quinta-feira, 18 de abril de 2019, 17h00

A Rede Escola, a primeira revista jornalística da TV brasileira que trata exclusivamente de educação, destaca nesta semana o lançamento de um dos mais importantes prêmios da educação básica no país, o Prêmio Professores do Brasil. Outras atrações abordarão uma exposição sobre o continente antártico e uma pesquisa que revela que a vacina contra a febre amarela é eficaz também contra a zika.

A 12ª edição do Prêmio Professores do Brasil foi lançada nesta segunda-feira, 15, em Brasília. É uma inciativa do MEC que valoriza, divulga e premia o trabalho diferenciado de professores e contribui para a qualidade do ensino no país. Até hoje, o PPB já contemplou 388 professores de escolas do ensino básico da rede pública e distribuiu mais de R$ 2,8 milhões em prêmios. A TV Escola é uma parceira do MEC no projeto e instituiu, este ano, algumas premiações extras nas áreas de acessibilidade e práticas em linguagens digitais em salas de aula. Rede Escola vai mostrar isso e informar como os professores podem se inscrever e ver reconhecidos os seus trabalhos com os alunos.

No Rio de Janeiro, o Centro Cultural da Casa da Moeda está atraindo inúmeros visitantes. É lá que está instalada a exposição Nem tudo era gelo, mostrando que o continente antártico, hoje habitado por focas, pinguins, leões marinhos e outros animais que vivem em temperaturas abaixo de zero, na verdade nem sempre foi assim. A Antártida já foi ensolarada e abrigava animais pré-históricos. A repórter Emy Lobo foi até lá e trouxe essa e outras curiosidades sobre o continente gelado.

A equipe do programa também foi até a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) que, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz, produziu uma importante pesquisa. Esse trabalho constatou que a vacina que imuniza contra a febre amarela estimula o organismo das pessoas a destruir o vírus da zika, uma das mais temidas infecções do mundo, responsável por inúmeros problemas, como malformações do feto, microcefalia e Sídrome de Guillain-Barré. A vacina contra a febre amarela é produzida no Brasil, tem custo baixo e, principalmente, é segura.

Finalmente, a apresentadora e repórter Eliane Benício vai apresentar uma matéria que tem tudo a ver com o Dia do Livro Infantil, comemorado nesta 5ª feira, 18 de abril. É uma data instituída pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) em homenagem ao escritor Monteiro Lobato, que nasceu nesse dia. Eliane vai mostrar ações da FNLIJ na catalogação, seleção e premiação de livros infantis.

Rede Escola tem apresentação de Eliane Benício e Ernesto Xavier, e direção de Pablo de Moura. É apresentado sempre às sextas-feiras, às 19h, com reapresentação aos sábados, às 16h, domingos, ao meio-dia, e segundas-feiras, às 12h30. Nas terças-feiras, às 20h, quem mora nas cidades do Rio de Janeiro, Niterói e no Grande Rio pode assistir ao programa pela MultiRio. Para rever programas anteriores e outros conteúdos da TV Escola, ou ainda entrar em contato para sugestões e críticas, basta acessar a página da TV Escola na internet ou os endereços da emissora no Twitter, no Instagram, no Youtube e no Facebook.

Assessoria de Comunicação Social

 

Assunto(s): tv escola , Rede Escola
X
Fim do conteúdo da página