Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Trilhas da educação

Brasileiro é premiado por pesquisa sobre esclerose múltipla

  • Sexta-feira, 06 de dezembro de 2019, 13h48

Pesquisador Vinícius Boldrini busca entender o comportamento do sistema imunológico do portador da doença

Tudo começou ainda na graduação. O estudante Vinícius Boldrini participava de um projeto de extensão na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas e teve a oportunidade de trabalhar em um laboratório de neuroimunologias. Foi lá que ele se interessou pelo estudo da doença esclerose múltipla. Pelo trabalho que vem desenvolvendo, Boldrini foi premiado no 19º Congresso Brasileiro de Esclerose Múltipla.

Vinícius se formou em 2013, mas a curiosidade pelo tema persistiu. Hoje ele estuda a doença em seu pós-doutorado na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O estudante deve fechar 2019 com mais dois prêmios pelas pesquisas sobre sistema imunológico de pacientes com esclerose.O projeto de pesquisa de Vinícius busca entender como o sistema imunológico do paciente se comporta.

O experimento abre novas perspectivas para se estudar a doença. “É uma doença autoimune, então as células de defesa do nosso organismo passam a atacar as nossas próprias estruturas, no caso, o sistema nervoso. Na pesquisa verificamos que algumas células do sistema imunológico parecem copiar a função de outras células que já haviam sido destruídas anteriormente”, explica.

Atualmente o pesquisador Vinícius Boldrini trabalha em quatro artigos sobre o tema e pretende alcançar reconhecimento internacional. “Espero desenvolver terapias que sejam mais eficazes no tratamento da doença e que se baseiam nesses alvos que a gente conseguiu descrever agora nessas novas funções que até então eram desconhecidas”.

Saiba mais – A história do pesquisador Vinícius Boldrini é o tema da edição desta sexta-feira, 6 de dezembro, do programa Trilhas da Educação, da Rádio MEC.

X
Fim do conteúdo da página