Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Enem para pessoas privadas de liberdade tem questão de matemática anulada
Início do conteúdo da página
Ensino médio

Enem para pessoas privadas de liberdade tem questão de matemática anulada

  • Quinta-feira, 19 de dezembro de 2019, 10h51

Item fez parte da prova de 2018


O Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade (Enem PPL) e a reaplicação do Enem 2019 terão uma questão de matemática anulada. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) identificou que o item 166 do caderno azul fez parte da prova do Enem PPL/reaplicação de 2018 (questão 156 do caderno azul).

A anulação de um item, ou mesmo a aplicação de provas com itens diferentes, não compromete o processo de estimação da nota das participantes.

As provas do Enem PPL/reaplicação foram aplicadas nos dias 10 e 11 de dezembro, em todo o país. No primeiro dia, foram realizadas as provas de ciências humanas e suas tecnologias, e linguagens, códigos e suas tecnologias, com 90 questões ao todo, além da redação. O tema desta edição foi "Combate ao uso indiscriminado das tecnologias digitais de informação por crianças". No dia seguinte, os participantes resolveram mais 90 questões de ciências da natureza e suas tecnologias, e matemática e suas tecnologias.

Enem PPL – As provas do Enem PPL têm o mesmo nível de dificuldade do Enem regular. A única diferença é a aplicação, que acontece dentro de unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos respectivos órgãos de administração prisional e socioeducativa de cada unidade da Federação. Só podem participar aqueles que assinam Termo de Adesão, Responsabilidade e Compromisso, por meio de um sistema on-line.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

X
Fim do conteúdo da página