Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Etapa do ensino médio é homologada e Base Nacional Comum Curricular está completa
Início do conteúdo da página
Educação na pandemia

Professora da UFU cria jogo sobre Covid-19 para crianças

  • Segunda-feira, 25 de maio de 2020, 18h31

Plataforma educativa está disponível para download no site da Universidade Federal de Uberlândia (UFU)

 

A professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e Design da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Aline Teixeira, transformou uma brincadeira com os filhos em casa em uma versão de jogo de dados para contar histórias sobre o coronavírus para crianças. O passatempo “Xô Corona” nasceu da ideia de entreter e educar a garotada durante a pandemia.

O jogo foi criado para o programa de extensão #UFUemCasa. A docente atribuiu superpoderes a itens importantes para o combate ao coronavírus, como é o caso do “Super Álcool em Gel” e do “Super Sabão”. Ela acredita que essa é uma forma lúdica de a criança entender a importância da higienização correta, a fim de evitar o contágio.

A professora observou, ao cuidar dos filhos em casa, como o isolamento social e a mudança abrupta de rotina deixaram as crianças ansiosas nesses últimos tempos. O jogo surge nesse cenário, para entreter os pequenos em um momento de menor contato com amigos e ao mesmo tempo ensiná-los o que tem ocorrido no mundo.

“Nem sempre explicar de forma técnica e científica faz sentido para os pequenos. Por meio da brincadeira, eles têm mais facilidade de assimilar as informações”, afirmou a docente.

Segundo Aline, a participação dos filhos na criação da versão temática e no resultado final do passatempo foi essencial. Ela disse que, ao desenhar a primeira imagem do vírus, a filha falou que as crianças iriam gostar do coronavírus, pois ele tinha ficado “fofinho”. “Eu queria romper o medo das crianças da pandemia, mas com informação, não com fantasia”, explicou.

“Xô Corona” – O jogo está disponível para download no site da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFU. Para jogar, o participante deve soltar todos os dados de uma vez e, a partir do sorteio das faces, criar uma história. Caso haja mais de um participante, é necessário continuar a história do primeiro jogador.

É importante seguir as instruções de recortes e dobras, além de se atentar ao formato de folha adequado para impressão, para que não haja problemas na montagem dos dados. Colorir as imagens é opcional.

Assessoria de Comunicação Social, com informações da UFU

Assunto(s): MEC , UFU , coronavírus
X
Fim do conteúdo da página