Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > ProUni abre consulta de vagas para o primeiro semestre de 2019, com maior oferta da história
Início do conteúdo da página
  • Escolas estaduais mineiras recebem capacitação em planejamento

    Cerca de 2.100 técnicos de 400 secretarias municipais de educação e diretores de escolas estaduais de Minas Gerais começaram esta semana a receber qualificação sobre o Programa de Desenvolvimento da Escola (PDE-Escola). O treinamento de 32 horas é para o uso correto das ferramentas de diagnóstico e planejamento das atividades da escola.

    A coordenadora de gestão escolar da Secretaria de Educação Básica, Manuelita Falcão, explica que conhecer como funciona o PDE-Escola é importante para que técnicos e diretores possam fazer diagnósticos dos problemas, propor soluções e planejar.

    Em Minas Gerais foram constituídas 42 turmas que receberão qualificação entre agosto e 30 de setembro. Os objetivos da formação e do auxílio financeiro, segundo Manuelita Falcão, são qualificar quadros das escolas públicas para exercer funções básicas de diagnóstico e planejamento e, com isso, melhorar a qualidade da educação.

    Em todo o país, são beneficiárias do programa 27.885 escolas públicas da educação básica que se encontram em uma destas três situações: escolas que em 2005 tiveram Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) abaixo de 2,7 pontos nos anos iniciais do ensino fundamental ou 2,8 pontos nos anos finais; escolas que em 2007 registraram Ideb abaixo de 3,0 pontos nos anos iniciais ou 2,8 pontos nos anos finais; e aquelas que em 2007 ficaram com Ideb abaixo da média nacional que foi de 4,2 pontos nos anos iniciais e 3,8 pontos nos anos finais.

    As escolas têm direito aos recursos do PDE-Escola durante dois anos. O valor mínimo é de R$ 15 mil, repassados em duas parcelas. O que determina quanto cada escola receberá é a matrícula registrada no Censo Escolar. Neste ano, 2.100 escolas que tiveram seus planos de trabalho aprovados pelo MEC receberam R$ 38 milhões.

    Ionice Lorenzoni
  • PDE - Apresentação

    PDE Escola - Plano de Desenvolvimento da Escola

    O Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE-Escola) é uma ferramenta gerencial que auxilia a escola a realizar melhor o seu trabalho: focalizar sua energia, assegurar que sua equipe trabalhe para atingir os mesmos objetivos e avaliar e adequar sua direção em resposta a um ambiente em constante mudança.

    É considerado um processo de planejamento estratégico desenvolvido pela escola para a melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem.

    O PDE-Escola constitui um esforço disciplinado da escola para produzir decisões e ações fundamentais que moldam e guiam o que ela é, o que faz e por que assim o faz, com um foco no futuro.

    Prioridade de atendimento do MEC para assistência técnica e financeira:

    • Escolas públicas municipais e estaduais, consideradas prioritárias com base no IDEB de 2005: Ideb até 2,7 para anos iniciais e até 2.8 para anos finais;
    • Escolas públicas municipais e estaduais, consideradas prioritárias com base no IDEB de 2007: Ideb até 3,0 para anos iniciais e até 2,8 para anos finais;
    • Escolas públicas municipais e estaduais não prioritárias, porém com IDEB de 2007 abaixo da média nacional: IDEB abaixo de 4,2 para anos iniciais e abaixo de 3,8 para anos finais.

    Material:

    PDE Escola

    Contatos:

    Ministério da Educação
    Secretaria de Educação Básica
    Diretoria de Fortalecimento Institucional e Gestão Educacional
    Coordenação-geral de Gestão Escolar
    Telefones: 61 21049284
    E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

  • PDE - Como Funciona

    Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE – Escola)

     

    O Plano de Desenvolvimento da Escola (PDE-Escola) auxilia a escola pública, pois trata-se de planejamento estratégico em que a escola investe em sua qualificação para oferecer mais qualidade de ensino ao estudante, aumentando a aprendizagem escolar. O PDE-Escola auxilia as equipes a trabalhar com os mesmos objetivos e em busca de resultados comuns, reconhecendo que os ambientes sociais estão em constante mudança.

     

     Prioridade de atendimento do MEC: assistência técnica e financeira:


    * escolas públicas municipais e estaduais, consideradas prioritárias com base no Ideb de 2005: Ideb até 2,7 para anos iniciais e até 2.8 para anos finais;

    *escolas públicas municipais e estaduais, consideradas prioritárias com base no Ideb de 2007: Ideb até 3,0 para anos iniciais e até 2,8 para anos finais;

    *escolas públicas municipais e estaduais não prioritárias, porém com Ideb de 2007 abaixo da média nacional: Ideb abaixo de 4,2 para anos iniciais e abaixo de 3,8 para anos finais.

    O Ministério da Educação apresentou estratégias para a capacitação de técnicos estaduais e municipais e de dirigentes escolares que, por sua vez, elaboraram o Plano de Desenvolvimento da Escola e o Plano de Ações Financiáveis. Em 2008, a capacitação envolveu 19.304 escolas municipais e estaduais de atendimento prioritário. Estas escolas receberão o apoio financeiro em 2009. O apoio financeiro do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, FNDE, é amparado na Resolução 19, de 15 de maio de 2008.

     

    Articulação PAR x PDE-Escola

     

    O PDE-Escola deve ser elaborado segundo o Plano de Ações Articuladas (PAR) e suas 28 diretrizes do plano de metas através dos indicadores do diagnóstico.

    Os gestores e técnico podem, ainda, articular o PDE com outros programas, como o Mais Educação, o Escola Aberta, o Escola Acessível, o Proinfo e os Conselhos Escolares .

    O Plano de Ações Articuladas (PAR), do município ou estado, orienta as escolas na elaboração do PDE-Escola individual. O PAR prevê a universalização do PDE-Escola.

    O Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças (Simec) autoriza a parte financeira e cadastra os dados municipais e estaduais no sistema; ele pode ser acessado de qualquer computador se o dirigente da Secretaria de Educação e da escola tiverem cadastro no Simec.

     

    Outros dados sobre o PDE-Escola - Ministério da Educação

    Telefone - 0800-616161

    E-mail - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

    Cadastro no SIMEC - clique aqui

    Matriz PDE-Escola - clique aqui

  • PDE- Escola - Saiba mais

    Para a implementação do PDE-Escola foram realizados, ao longo do ano de 2007, encontros com secretários estaduais e dirigentes municipais de educação, dos estados e municípios cujas escolas integram uma lista de 9.861 escolas municipais e estaduais, identificadas como escolas de atendimento prioritário, conforme o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 2005. Nesses encontros foram apresentadas as estratégias para a capacitação de técnicos estaduais e municipais e dirigentes escolares para a elaboração do Plano de Desenvolvimento da Escola, conforme o Plano de Ações Financiáveis. As capacitações dos gestores das escolas prioritárias e dos técnicos das secretarias de educação foram realizadas no período de outubro de 2007 a setembro de 2008 e as escolas estão recebendo o apoio financeiro através de repasse de recursos, segundo a Resolução 19, de 15 de maio de 2008 do FNDE, e já iniciando a execução das ações planejadas. De outubro de 2008 ao primeiro trimestre de 2009 serão capacitadas 20.045 escolas municipais e estaduais, identificadas como escolas de atendimento prioritário e abaixo da média nacional, conforme o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) de 2007. Estas escolas receberão o apoio financeiro em 2009. Os repasses e prestação de contas estão normatizados pela Resolução  Nº 4, do PDDE, de 17 de março de 2009. As escolas que inseriram o PAF em 2008 receberão o 2º financiamento em 2009, desde que não tenham sido extintas ou tenham problemas de prestação de contas, entre outros.

    Índice de Desenvolvimento da Educação Básica - IDEB

    Articulação PAR x PDE-Escola

    O PDE-Escola deverá ser elaborado em consonância com o Plano de Ações Articuladas – PAR, fazendo uma correspondência com as 28 diretrizes do Plano de Metas através dos indicadores do diagnóstico.
    Alguns programas do MEC também deverão articular-se com os dois planos, quais sejam: Mais Educação, Escola Aberta, Escola Acessível, Proinfo e Conselhos Escolares.

    No momento da elaboração do PDE-Escola, os técnicos do Comitê Estratégico da Secretaria deverão se apropriar do PAR – Plano de Ações Articuladas do município ou estado, para conhecimento e orientação às escolas na elaboração do PDE-Escola.

    Conhecendo as propostas e destinação de ações, tendo a escola como beneficiária no PAR, a equipe escolar e o Comitê Estratégico, no momento da elaboração, validarão a sua demanda no PDE-Escola.
    O PAR – Plano de Ações Articuladas, na dimensão 1 – Gestão Educacional, indicador 4 – Existência de Proposta Pedagógica, prevê a universalização do PDE-Escola.

    Mais informações sobre o PDE-Escola podem ser obtidas no Ministério da Educação pelo telefone 0800-616161 ou pelo e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

    Manual PDE-Escola

    Relação de escolas:
    Lista de escolas prioritárias (A): Clique aqui
    Lista de escolas prioritárias (B): Clique aqui
    Lista de escolas abaixo da média nacional (C): Clique aqui


    Orientações sobre Cadastro no Simec - Clique aqui
    Matriz dos Instrumentos – Clique aqui
Fim do conteúdo da página