Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias
Início do conteúdo da página
  • Alunos matriculados em instituições particulares de todo o país têm até o dia 14 para se inscrever no processo seletivo do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), conforme a Portaria nº 756, publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira, 4. O programa do Ministério da Educação financia a graduação de estudantes sem condições de arcar integralmente com os custos da formação.

    Mas é preciso ficar atento. A inscrição só é concluída após o aluno confirmar por correio eletrônico a correção dos dados informados. Só poderão finalizar as inscrições, nos dias 15 e 16, os candidatos que cumprirem o procedimento de pré-inscrição até o dia 14. No dia 17, será divulgada a relação dos candidatos inscritos no processo seletivo do Fies referente ao segundo semestre. Entre e 19 de dezembro, os candidatos classificados em primeira chamada serão convocados para entrevista.

    A Secretaria de Educação Superior (Sesu) decidiu também reabrir o prazo para a contratação de financiamento, pelo Fies, dos bolsistas parciais (50% da mensalidade) do Programa Universidade para Todos (ProUni) e dos bolsistas complementares (25% de desconto) inscritos no processo de concessão de financiamento. Eles têm até o dia 14 para formalizar os contratos, de acordo com a Portaria nº 748, publicada na segunda-feira, 3, no Diário Oficial da União.

    O prazo foi encerrado em 10 de outubro. Mas, no entendimento do MEC, a greve bancária na Caixa Econômica Federal, ocorrida de 30 de setembro a 22 de outubro, prejudicou o acesso às agências. Para candidatar-se ao financiamento, os estudantes devem estar regularmente matriculados em instituições não gratuitas, cadastradas no programa e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC.

    O Fies é operacionalizado pela Caixa Econômica Federal. Desde 1999, já são 506 mil estudantes beneficiados. Estão credenciadas 1.459 instituições de educação superior, enquanto o investimento chega a R$ 4,6 bilhões. As informações sobre a inscrição estão na página eletrônica do programa.

    Assessoria de Comunicação Social

Fim do conteúdo da página