Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Inep divulga gabarito do Encceja 2019
Início do conteúdo da página
  • Alimentação escolar tem mais recursos

    Começa nesta terça-feira, 25, às 19h, no hotel Praiamar, em Natal, o 4º Encontro Nacional de Alimentação Escolar, promovido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Cerca de 700 pessoas, entre gestores públicos de todos os estados, técnicos do FNDE e de outros órgãos do governo federal, representantes da comunidade escolar e de organismos internacionais participarão do evento, que vai até a próxima sexta-feira, 28.

    Durante o encontro, será feito um balanço do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), com destaque para os recentes avanços alcançados, e discutidas ações para melhorar a merenda servida aos estudantes brasileiros. Um dos mais recentes avanços ocorreu neste semestre. Mais de 380 mil alunos de escolas de educação integral inscritas no programa Mais Educação passaram a receber três refeições diárias. O repasse financeiro a estados e municípios foi triplicado para a compra da merenda desses estudantes, que passam pelo menos sete horas por dia na escola. O FNDE transfere para esses alunos, desde setembro, um valor per capita de R$ 0,66 por dia letivo.

    No encontro, serão apresentadas experiências bem sucedidas e debatidos variados temas relacionados à alimentação escolar, como a importância do controle social, a integração do Pnae com outras políticas públicas e a ampliação do programa para toda a educação básica. “Esperamos uma participação efetiva da comunidade escolar nas discussões”, disse Albaneide Peixinho, coordenadora-geral do programa.

    Representantes de organismos internacionais, como Gustavo Chianca, da Organização das Nações Unidas para Agricultura a Alimentação (FAO), e Ute Meyer, do Programa Mundial de Alimentos, participarão dos debates, além de integrantes dos ministérios do Desenvolvimento Social e do Desenvolvimento Agrário, do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional e de universidades.

    Ampliação – Mais antiga política pública de segurança alimentar existente no país, o Pnae atende, atualmente, 36 milhões de estudantes da educação infantil e do ensino fundamental, com orçamento anual de R$ 1,6 bilhão. No entanto, pode ser ampliado ainda este ano. No início de novembro, foi aprovado na Câmara dos Deputados projeto de lei que estende o programa para toda a educação básica. Caso a aprovação seja confirmada no Senado, os 12 milhões de estudantes do ensino médio e da educação de jovens e adultos também receberão merenda escolar.

    Confira a programação do evento

    Assessoria de Comunicação Social do FNDE

Fim do conteúdo da página