Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • TI: 100 mil professores capacitados

    Após encerrar a agenda de capacitação de formadores em tecnologias da informação deste ano, na última sexta-feira, 28, a Secretaria de Educação a Distância (Seed) anuncia que seu desafio agora será acompanhar, monitorar e avaliar o impacto dessa ação nas salas de aulas das redes públicas da educação básica. O objetivo do Ministério da Educação é fechar 2008 com cerca de 100 mil professores em processo de capacitação no uso das tecnologias.

    Nos dez encontros realizados neste ano, a Seed capacitou 2.500 agentes formadores das secretarias de educação de todos os estados e do Distrito Federal. Essa equipe de formadores, explica Simone Medeiros, coordenadora-geral de formação e capacitação em educação a distância da Seed, é responsável por multiplicar o curso nos estados e municípios e chegar na sala de aula.

    O Programa Nacional de Formação em Tecnologia Educacional (ProInfo Integrado) da Seed construiu um curso de 180 horas de aula dividido em três fases. A primeira, de 40 horas, é uma introdução à educação digital. O objetivo é preparar professores e gestores para utilizar o computador e a internet; a segunda tem 100 horas e trata da aplicação das tecnologias de informação e comunicação na educação, conhecidas como TICs; as últimas 40 horas são para o professor desenvolver projetos de uso das tecnologias na sala de aula.

    Para os formadores, o curso todo é presencial, mas para os professores, dentro de suas escolas, é semipresencial. A Seed oferece os materiais para as secretarias de educação: dois livros e um CD para o curso inicial; e os guias do aluno e do formador, uma coletânea de textos e acesso à plataforma do E-ProInfo no curso de 100 horas.

    No ProInfo Integrado, explica Simone Medeiros, professores e gestores aprendem muito mais que usar o computador. Eles dominam instrumentos de pesquisa e de integração de mídias, entre eles, o Portal do Professor e a TV Escola. O objetivo desse esforço de multiplicação dos conhecimentos, diz a coordenadora, é preparar o professor, o gestor, a escola, para melhorar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, conforme prevê o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), lançado em abril de 2007.

    Ionice Lorenzoni

Fim do conteúdo da página