Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Novo reitor da UFPR toma posse

    A regulamentação dos contratos entre as universidades federais e as fundações de apoio e a questão da autonomia universitária são os principais desafios colocados para as instituições de ensino superior do país. Essa é a avaliação de Zaki Akel Sobrinho, novo reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), empossado nesta quinta-feira, 18, pelo ministro da Educação, Fernando Haddad.

    Entre as principais metas apontadas por Zaki Akel para a sua administração está a ampliação dos programas de prestação de serviços à comunidade e da política de assistência estudantil. “Nosso foco será nas pessoas”, declarou o reitor. “Não devemos mais nos perguntar que universidade queremos, mas que universidade a população do Paraná deseja.” A UFPR, fundada em 1912, é considerada uma das mais antigas do país.

    Em relação ao Reuni, programa do Ministério da Educação que prevê o investimento de R$ 2,5 bilhões até 2012 para a reestruturação das universidades federais, o novo reitor destacou a ampliação em 27% na oferta de vagas no último processo seletivo da UFPR, sendo a maior parte, 75%, de cursos noturnos. “Ações que objetivam a ocupação de vagas ociosas e o estabelecimento de cotas raciais e sociais garantiram a combinação da excelência acadêmica com políticas de acesso ao ensino superior na UFPR”, destacou.

    O ministro do Planejamento, o paranaense Paulo Bernardo, também participou da cerimônia e comentou o debate sobre a proposta orçamentária para o próximo ano. “Programas como o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) são a garantia de que o Brasil sairá fortalecido da crise e por isso devem estar garantidos no orçamento de 2009”, afirmou.

    Sobre a autonomia universitária, o ministro Fernando Haddad anunciou que a proposta orçamentária enviada ao Congresso Nacional prevê a recuperação, por parte das universidades federais, do orçamento não executado no ano anterior. Outras conquistas, como a figura do professor equivalente, que dinamiza a contratação de corpo docente, foram destacadas pelo ministro.

    A secretária de Educação Superior do MEC, Maria Paula Dallari Bucci, ressaltou a importância da colaboração da universidade do Paraná na implantação das duas novas instituições federais no estado, a Universidade da Integração Latino-Americana (Unila) e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (Ifet-PR).  

    Zaki Akel Sobrinho realizou toda a sua formação no campo da administração. Graduado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), fez mestrado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e doutorado pela Universidade de São Paulo (USP). Na UFPR já exerceu os cargos de pró-reitor de Planejamento e diretor do Setor de Ciências Sociais Aplicadas.

    A UFPR oferece atualmente 47 cursos de graduação. Em 2009, a universidade passará a ter quatro novos cursos de mestrado e quatro novos cursos de doutorado, passando a oferecer um total de 91 cursos de pós-graduação reconhecidos pela Capes.

    Assessoria de Imprensa da Sesu

Fim do conteúdo da página