Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Indígenas de Roraima estudam informática

    Um curso de informática avançada no sistema linux está sendo ministrado a professores indígenas do curso de licenciatura intercultural (graduação em serviço), da Universidade Federal de Roraima (UFRR). São 140 professores, dos quais 35 concluem a licenciatura pela UFRR na primeira quinzena de março.

    A formação é feita nos laboratórios de informática da Universidade Virtual de Roraima (Univirr), em Boa Vista, em cinco finais de semana, de 31 de janeiro a 1º de março. O curso tem 40 horas de duração.

    De acordo com Susana Grillo Guimarães, da coordenação de educação escolar indígena da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad), do Ministério da Educação, esse grupo de professores de Roraima concluiu o curso básico em 2008 e agora está ampliando os conhecimentos na área.

    A capacitação, explica, é uma ferramenta nova que ajudará os povos indígenas a manter mais vivos seus costumes e tradições, sem falar na inserção social que representa a informática na sociedade de hoje.

    Uma das universidades federais pioneiras na construção de cursos de licenciatura intercultural, a UFRR incluiu no projeto do Reuni (programa do MEC que apóia a reestruturação das universidades federais) recursos para a ampliação do Núcleo Insikiran, responsável pela formação de professores indígenas.

    A obra compreende a construção de dois blocos com oito novas salas de aula para alunos e cinco salas para as atividades dos professores. A ampliação da infra-estrutura deve ficar pronta em julho deste ano, informa a secretária do Núcleo Insikiran, Janialy Alves. A UFRR tem 237 professores indígenas em cursos de licenciatura intercultural.

    Também em julho, 60 novos candidatos indígenas começam a graduação. Concorrem às 60 vagas, 166 professores que lecionam em escolas públicas das redes municipal e estadual. Janialy explica que a UFRR lança edital este ano para a abertura de um novo curso de graduação. Será um bacharelado em gestão ambiental. A seleção será feita no segundo semestre de 2009 e as aulas iniciam em janeiro de 2010.

     

    Ionice Lorenzoni

Fim do conteúdo da página