Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Último dia de inscrição na Olimpíada de Matemática do 4º e 5º anos

    Obmep Nível A abre oportunidade para alunos de escolas públicas municipais, estaduais e federais

    Luciano Marques, do Portal MEC

    Termina nesta quinta-feira, 10 de outubro, o prazo para as inscrições na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) Nível A. A prova é voltada para alunos do 4º e 5º anos matriculados em escolas públicas municipais, estaduais e federais.

    Segundo o diretor-ajunto do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa) e coordenador-geral da Olimpíada, Claudio Landim, a competição estimula o estudo e ajuda a identificar talentos precocemente. “A prova da Obmep permite detectar alunos desde muito cedo com talento para a Matemática. [...] É um evento nacional que atrai alunos de todos os cantos do país”, destaca.

    Desde o ano passado, a olimpíada conta com a versão para esses anos do ensino fundamental, a chamada Obmep Nível A. No primeiro ano de sua realização, a edição em caráter experimental contou com a participação de mais de 1,5 milhão de alunos de 20 mil escolas de todo o Brasil.

    Para 2019, uma novidade: a prova contará com 15 questões, cinco a menos que no ano anterior. “Nós diminuímos o número de questões após o retorno dos professores, que acharam a prova muito longa. É justo, uma vez que são alunos do 4º e 5º anos, ou seja, crianças ainda bem pequenas”, explicou o diretor.

    Assim como a edição Obmep para alunos do 6º ano ao 3º ano do Ensino Médio, essa etapa também é promovida pelo Impa, com apoio do Ministério da Educação (MEC), da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

    As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas em nome das escolas, exclusivamente pelas Secretarias de Educação Municipais e Estaduais ou pelos representantes das escolas federais. Os gestores devem acessar o link enviado por e-mail pelo Impa e preencher a ficha de inscrição.

    Caso a Secretaria de Educação não receba o e-mail, é preciso entrar em contato com a Obmep pelo e-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

    Prova – Com 15 questões objetivas, a prova é elaborada pelo Impa e aplicada nas escolas inscritas em 29 de outubro. A duração da prova é de 1h30. Na Obmep Nível A, o Impa responde pela parte acadêmica e as Secretarias de Educação pela logística de aplicação, correção das provas e eventuais premiações.

    O conteúdo das questões segue os parâmetros curriculares nacionais para alunos de 4º e 5º ano do ensino fundamental. A abordagem foca no raciocínio lógico e na criatividade.

    A olimpíada tem como objetivo estimular o estudo da Matemática, contribuir para a melhoria da qualidade da Educação Básica, identificar jovens talentos, promover inclusão social e incentivar o aperfeiçoamento dos professores.

  • Um milhão de alunos realizam provas da segunda fase da OBMEP neste sábado

    Prova é destinada a estudantes do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio

    Luciano Marques, do Portal MEC

    A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) de 2019 entra em sua segunda fase neste sábado, 28 de setembro. Cerca de um milhão de alunos de escolas públicas e privadas de todo o Brasil farão a prova a partir das 14h30 (horário de Brasília).

    Para conferir a classificação para esta fase e descobrir onde será aplicada a prova, o candidato deve acessar a página da OBMEP.

    A 15ª edição da Olimpíada, que tem como tema os povos indígenas, bateu recordes: foram 54.830 escolas inscritas, distribuídas em 99,71% dos municípios brasileiros. Na primeira fase, a Obmep 2019 contou com a inscrição de 18,1 milhões de estudantes de 54.831 escolas públicas e privadas.

    “A prova da OBMEP permite detectar alunos com talento para a Matemática. Uma premiação na olimpíada abre portas”, destaca Claudio Landim, diretor-adjunto do Impa e coordenador-geral da competição.

    A iniciativa é realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa), em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). A Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) apoia a competição.

    O foco da OBMEP são estudantes do 6º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio e premia separadamente alunos de escolas públicas e privadas. Aos primeiros serão concedidas 6.500 medalhas (500 ouros, 1.500 pratas e 4.500 bronzes) e até 46.200 certificados de menção honrosa. Estudantes de instituições particulares receberão 975 medalhas (75 ouros, 225 pratas e 675 bronzes) e até 5.700 certificados de menção honrosa.

    Os premiados com medalha de ouro, prata ou bronze serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica (PIC Jr.), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O objetivo é incentivar e promover o desenvolvimento acadêmico dos participantes. A divulgação dos vencedores está prevista para 3 de dezembro, segundo o Impa.

Fim do conteúdo da página