Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • 09/06/2009 - Webconferência Secad/Financiamento para Educação de Jovens e Adultos

    09/06/2009 - Webconferência Secad/Financiamento para Educação de Jovens e Adultos 

  • 12/03/2001 - Agenda Territorial – Debate sobre a Resolução/CD/FNDE nº 01 de 2 de março de 2010

    Parte 1
    Parte 2
    Parte 3
    Parte 4
    Parte 5
  • 13ª Webconferência / Programa Mais Educação

  • 3ª videoconferência do Programa Mais Educação

  • 5ª Webconferência - Programa Mais Educação

     04/09/09 - 5ª Webconferência / SECAD / Programa Mais Educação

  • 8º Webconferência / Programa Mais Educação - 02/12/09

  • 9ª Webconferência/ Programa Mais Educação

  • Avaliação e perspectivas vão a debate virtual na quinta-feira

    O Ministério da Educação realiza na quinta-feira, 18, a 47ª webconferência do programa Mais Educação. O tema será a educação em tempo integral nas escolas públicas de ensino fundamental, com transmissão diretamente da Sala de Atos do MEC, em Brasília, das 15h às 17h.

    Durante as duas horas de debates, o ministro Henrique Paim, dirigentes da Secretaria de Educação Básica (SEB) e o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Romeu Caputo, abordarão assuntos como avaliação e perspectivas do programa Mais Educação, execução e financiamento, formação para a gestão e prestação de contas. Haverá ainda espaço para perguntas de educadores, gestores, estudantes, pais e interessados no programa.

    As perguntas devem ser enviadas antecipadamente para o endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. No campo assunto, é necessário escrever 47ª webconferência. O programa pode ser acompanhado ao vivo na página do MEC na internet.

    Assessoria de Comunicação Social

  • Conferência debate programa de alimentação e combate à fome

    Na preparação para a Conferência Nacional de Educação 2014 (Conae), a rede social da Conae realiza nesta quarta-feira, 16, a webconferência Dia Mundial da Alimentação e a Educação. O encontro acontece às 9 horas, no auditório do anexo 2 do Ministério da Educação, em Brasília, e será transmitido via internet.

    A webconferência discute o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), operado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e sua importância no enfrentamento da fome e aprimoramento da qualidade da educação. Também estarão em pauta as ofertas alimentares do cerrado no âmbito da alimentação escolar. Os temas fazem parte do eixo 4 do Documento de Referência da Conae 2014 – Qualidade da educação: democratização do acesso, permanência, avaliação, condições de participação e aprendizagem.

     

    Participam da conferência Rosane Nascimento, da coordenação-geral do Programa Nacional da Alimentação Escolar, do FNDE; e Heloísa Alves Sousa Falcão, pesquisadora do Instituto Federal de Brasília.


    Assessoria de Comunicação Social

     

    Acesse o evento na rede social da Conae

     

     

     

  • Governo financiará projetos de pesquisa que contribuam para o avanço tecnológico

    Professores e pesquisadores vinculados a institutos federais de educação, ciência e tecnologia podem se candidatar a financiamento para projetos de pesquisa que contribuam para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação. O prazo para inscrição vai até 23 de outubro.

    A iniciativa, que envolve o Ministério da Educação, com a atuação da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), integra a política de inovação e educação tecnológica da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica para o fomento da formação de recursos humanos qualificados. As propostas selecionadas terão 24 meses de duração. O investimento global é de R$ 40 milhões, distribuídos em parcelas em 2014, 2015 e 2016.

    A Setec e o CNPq vão realizar, em 6 de outubro, das 9h às 10h30, webconferência para divulgar e orientar sobre a formulação de projetos de pesquisa aplicada dos institutos federais para a Chamada Pública nº 17, que seleciona e financia os projetos. A primeira conferência on-line foi realizada na quarta-feira, 24, com mais de 270 computadores conectados. Na ocasião foram explicados os critérios de seleção das propostas.

    Para apresentar projeto, o candidato deve ter o currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado, e ser professor, pesquisador, servidor técnico, desde que vinculado a um dos 38 institutos federais presentes em todos os estados e no Distrito Federal. No caso de servidor aposentado, o profissional precisa comprovar na Plataforma Lattes que mantém atividade acadêmico-científica e apresentar declaração da instituição executora do projeto concordando com sua participação.

    Assessoria de Comunicação Social

    Acesse o documento de dúvidas frequentes

    Veja o vídeo da webconferência realizada em 24 de setembro

    Saiba mais sobre a Chamada Pública nº 17

    Acompanhe a webconferência de 6 de outubro

  • MEC promove webconferência para informar sobre programa

    A Secretaria de Educação Básica (SEB) do Ministério da Educação promoverá nesta quarta, 13, a 46ª webconferência do Programa Mais Educação, aberta ao público. A conferência, que acontecerá das 15h às 17h, tem o objetivo de dar continuidade aos esclarecimentos que vêm sendo prestados sobre a execução do Programa Mais Educação (PME) no ano de 2014.

    O encontro abordará questões relativas a financiamento e dará orientações gerais para a execução do programa nas escolas participantes e nos sistemas estaduais e municipais de educação.

    Os interessados em participar podem encaminhar suas dúvidas por O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. As perguntas enviadas até a meia-noite desta terça–feira, 12, poderão ser respondidas ao vivo. A programação da conferência está disponível no portal do MEC.

    Assessoria de Comunicação Social




  • MEC trabalha para implementar educação quilombola nas escolas

    O Ministério da Educação realizou nesta quinta-feira, 30, a segunda webconferência sobre educação escolar quilombola, com a participação de gestores, professores e sociedade civil. A iniciativa dá prosseguimento ao esforço do MEC pela implementação das diretrizes nacionais curriculares voltadas a essa comunidade nas escolas.

    A titular da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do MEC, Ivana de Siqueira, destacou que as diretrizes foram aprovadas em 2012, mas que ainda há um grande desafio pela frente: fazer com que as diretrizes cheguem às escolas, nos currículos e na formação de professores.

    “Nós sabemos que a formação do professor é que vai realmente fazer com que essas práticas cheguem às salas de aula”, disse Ivana, que também falou da importância de se reconhecer a história e as tradições dos quilombolas. “Nós precisamos reconhecer a cultura desses povos para que possamos enriquecer ainda mais a cultura brasileira”.

    Webconferência realizada nesta quinta-feira, 30, teve como objetivo debater a implantação das diretrizes nacionais curriculares voltadas a essa comunidade nas escolas (Foto: Luís Fortes/MEC)

    Givânia Silva, representante da Coordenação Nacional das Comunidades Quilombolas (Conaq), lembrou que a participação das comunidades remanescentes de quilombos foi essencial para a construção das diretrizes. “Essas orientações vêm justamente desse diálogo e desse enfrentamento do movimento em relação a pensar uma educação que tenha as características próprias das comunidades”, celebrou.

     

    O encontro também serviu para difundir parcerias. A coordenadora-geral de Educação para as Relações Étnico-Raciais do MEC, Raquel Nascimento Dias, destacou o projeto Conhecendo o Brasil, desenvolvido junto à Fundação Palmares. “Nós estamos fazendo a capacitação de gestores e professores por meio de um material didático feito por eles, contando a história da África ao Brasil”, explicou. O objetivo é fazer com que o material seja utilizado também em sala de aula, saindo do ambiente exclusivo das bibliotecas.

    Outra ação está sendo desenvolvida junto à Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir). A parceria vai viabilizar a entrega para as comunidades do Rio Grande do Sul de um material construído na Universidade Federal de Pelotas, sobre a história dos quilombos do estado.

    Assessoria de Comunicação Social 

  • Professores de idiomas podem participar de webconferência

    Estabelecer canal de diálogo com os segmentos da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica é o objetivo dos Diálogos Setoriais, série de webconferências que a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação promoverá até o fim do ano. A primeira delas será realizada na segunda-feira, 15, a partir das 15h. O público-alvo terá professores do quadro da rede federal que lecionam português, inglês, espanhol e outros idiomas.

    O primeiro encontro abordará as possibilidades de desenvolvimento, por alunos, professores e técnicos administrativos da rede federal, de habilidades linguísticas a partir de iniciativas de formação, capacitação e certificação em línguas estrangeiras ligadas ao programa Ciência sem Fronteiras. “Nosso objetivo é ampliar o diálogo com os professores de idiomas, de forma a ampliar a participação da rede federal no programa Idiomas sem Fronteiras, com vistas a ampliar a internacionalização, a troca de experiência e o estímulo à inovação, a pesquisas aplicadas e à extensão”, destaca o titular da Setec, Marcelo Feres.

    Além da Setec, a iniciativa é conduzida de forma integrada pela Secretaria de Educação Superior (Sesu) do MEC, Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Conselho dos Diretores das Escolas Técnicas Vinculadas às Universidades Federais (Condetuf) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

    A webconferência estará aberta à participação dos interessados, em página específica da Setec na internet, na data e horário indicados.

    Assessoria de Comunicação Social, com informações da Setec


  • Programas da Setec terão debate por webconferência no dia 29

    A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação promove na terça-feira, 29, webconferência, das 16h às 17h30, para debater as mudanças, perspectivas e o cronograma de execução das atividades da rede e-TEC Brasil e do Programa de Formação Inicial em Serviço dos Profissionais da Educação Básica dos Sistemas de Ensino Público (Profuncionário), que oferecem cursos na modalidade de educação a distância. Gestores das duas iniciativas vão trocar experiências e reforçar o que foi discutido em reunião presencial sobre o tema realizada no dia 22 último.

    A reunião contou com a presença dos coordenadores nacionais da rede e do programa para discutir a pauta das mudanças pretendidas e estruturar um fórum sobre as duas iniciativas, que hoje atendem a aproximadamente 33 mil pessoas no país. Durante o encontro, foi definida a composição de comissão provisória para a instalação do Fórum Nacional de Coordenadores da rede e-TEC e do Profuncionário. O grupo eleito terá seis meses para instruir o fórum e elaborar proposta de regimento. Integram a comissão provisória os professores Ivan Max Freire de Lacerda, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN); Ilka Márcia Ribeiro de Souza Serra, da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), e Antônio Carlos Soares Martins, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Norte de Minas Gerais (IFNMG).

    A rede e-Tec Brasil e o Profuncionário impulsionam a oferta de cursos técnicos gratuitos a distância em todo o país e chega a regiões de difícil acesso. A rede atende ao público em geral, enquanto o programa está voltado para a formação de servidores da educação básica pública. 

    Durante a reunião, a assessora especial do Núcleo Estruturante da Política de Inovação (Nepi), da Setec, Cassandra Ribeiro Joye, destacou o trabalho de catalogação de materiais. “Hoje, estão catalogados mais de 500 materiais de educação a distância, um repositório virtual construído em parceria com a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), que em breve estará disponível”, disse.

    A webconferência sobre a rede e-TEC Brasil e o Programa Profuncionário terá início às 16h de terça-feira, 29. Para participar, é necessário seguir os procedimentos indicados

    Assessoria de Comunicação Social, com informações da Setec

  • Técnicos de secretarias estaduais podem se inscrever em conferência

    Como parte das ações do Programa de Apoio ao Novo Ensino Médio, vai ocorrer na próxima segunda-feira, 13, às 15h, uma webconferência voltada aos técnicos das secretarias estaduais de educação para tratar da implementação da Lei nº 13.415/2016, do novo ensino médio. As inscrições já estão abertas. Podem participar os coordenadores estaduais de ensino médio e os coordenadores do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI).

    Além de tirar dúvidas, a conferência, promovida pelo Ministério da Educação, tem o objetivo de orientar e auxiliar os coordenadores no processo de construção dos termos de adesão ao programa. Por meio deste termo, as secretarias ficam habilitadas a receber apoio do MEC no processo de implementação do novo ensino médio – que tem prazo para adesão até o dia 31 de agosto.

    “O objetivo dessa webconferência é apresentar o programa, as dimensões, os prazos e os encaminhamentos para que os coordenadores possam aderir, e auxiliar os secretários estaduais a mandarem o termo de compromisso que credencia a secretaria a participar do programa”, explicou o coordenador-geral de Ensino Médio do MEC, Wisley Pereira, destacando a importância de participação de todos os coordenadores das secretarias estaduais. “O sistema educacional brasileiro transfere autonomia aos sistemas de ensino. O MEC quer dar suporte técnico e pedagógico para que as secretarias possam concluir este trabalho”, acrescentou.

    O Programa de Apoio ao Novo Ensino Médio foi lançado em julho deste ano pelo Ministério da Educação, por meio da Portaria nº 649/2018. O objetivo é o de “ajudar as secretarias estaduais e do Distrito Federal na elaboração e execução do plano de implementação de novo currículo que contemple a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), os diferentes itinerários formativos e a ampliação de carga horária para mil horas anuais”, conforme consta no texto da portaria. 

    O novo ensino médio contempla uma mudança estrutural no atual sistema de ensino. Sua implementação busca a oferta de educação de qualidade, com foco na melhoria das taxas de rendimento de aprovação e de desempenho dos estudantes, como também a redução das taxas de reprovação e de abandono nessa etapa de ensino e, consequentemente, a melhoria de aprendizagem dos estudantes. Entre as mudanças estão a flexibilização da grade curricular, permitindo ao estudante a escolha da área de conhecimento para aprofundar seus estudos.

    Acesse a página eletrônica da webconferência para fazer a inscrição.

    Assessoria de Comunicação Social

  • Técnicos do MEC tiram dúvidas sobre programas pela internet

    O Ministério da Educação realiza, a partir das 15h desta segunda-feira, 31, uma webconferência para prestar esclarecimentos e informações sobre os programas Novo Mais Educação e Ensino Médio Inovador. Secretarias municipais e estaduais e demais interessados poderão participar.

    As dúvidas e contribuições deverão ser enviadas por mensagem eletrônica (e-mail), para que os técnicos da Secretaria de Educação Básica (SEB) do MEC respondam durante a webconferência. Questionamentos sobre o programa Novo Mais Educação devem ser enviados para o endereço eletrônico O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.. Para o programa Ensino Médio Inovador, as mensagens deverão ser encaminhadas para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo..

    As secretarias municipais e estaduais têm prazo até o dia 4 de novembro para confirmar a adesão aos dois programas. Para as unidades de ensino, o prazo vai até o dia 18 de novembro.

    Acesse a webconferência

    Assessoria de Comunicação Social

  • Web Conferência programa Saúde na Escola

    Web Conferência programa Saúde na Escola 

  • Webconferência - 11ª Conferência Nacional dos Direitos Humanos

    Webconferência - 11ª Conferência Nacional dos Direitos Humanos

    Eixos 1 e 6

    Parte 1
    Parte 2
    Parte 3
    Parte 4

    Eixo 2

    Parte 1
    Parte 2
    Parte 3

    Eixo 3 e 5

    Parte 1
    Parte 2
    Parte 3

    Eixo 4 e 7

    Parte 1
    Parte 2
    Parte 3
    Parte 4
  • Webconferência - Programa Nacional do livro Didático para Educação de Jovens e Adultos

    Parte 1

    Parte 2

    Parte 3

    Parte 4

    Parte 5
  • Webconferência - Teste Cognitivo

    Webconferência - Teste Cognitivo 

Fim do conteúdo da página