Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Acaba hoje o prazo para inscritos mudarem local da prova

    O prazo para mudar de cidade para realizar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2009 acaba nesta quarta-feira, dia 14.

    Todas as mudanças devem ser feitas na página eletrônica do sistema. O inscrito deve selecionar o banner para acompanhamento de inscrições e informar o CPF e a senha para ter acesso aos dados. Será possível conferir os dados cadastrais, alterar endereço, informar eventuais condições especiais necessárias para a realização da prova e também redefinir o município — o sistema, aprimorado para reduzir erros involuntários no processo, pede a confirmação do município escolhido para validar a alteração.

    As provas serão aplicadas nos mesmos 1.829 municípios, nos dias 5 e 6 de dezembro. No sábado, 5, os participantes farão a prova I, de ciências da natureza e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias; no domingo, 6, a prova II, de linguagens, códigos e suas tecnologias, mais a redação, e matemática e suas tecnologias.

    Os horários também serão mantidos. No sábado, 5, o exame começa às 13h e vai até as 17h30. No domingo, 6, dia da redação, as provas terão uma hora a mais — das 13h às 18h30. O horário é o oficial, de Brasília.

    Todos os participantes receberão, no endereço apresentado na inscrição, um novo comprovante, com o local de prova. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) enviará, aos participantes que informaram o número do telefone celular, torpedos com informação do novo local.

    Assessoria de Imprensa do Inep
  • Alunos podem pedir mudança de cidade para fazer o exame

    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) abre a possibilidade de realocar os estudantes inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que desejem realizar a prova em outra cidade, em função do adiamento do exame.

    As solicitações de troca de cidades serão recebidas a partir das 8 horas desta quarta-feira, 7. O prazo para recolocação dos estudantes acaba a meia-noite da próxima quarta-feira, 14. Esta opção estará disponível no portal do Inep.

    Todos os estudantes inscritos no Enem receberão um novo cartão de confirmação da prova, com data e local específicos da realização do exame. Estas informações serão transmitidas pelos meios habituais para os estudantes.

    Assessoria de Comunicação do MEC
  • Alunos sabatistas farão a prova em horário especial

    Em 2009, os inscritos no novo Enem realizarão a prova em dois dias: 3 e 4 de outubro, sábado e domingo, a partir das 13h (horário de Brasília). Ainda assim, os participantes cujas religiões guardam o sábado não precisam se preocupar – nesses casos, os inscritos deverão comparecer aos locais de prova junto com os demais, mas poderão aguardar em local próprio e só começar a responder aos cadernos de questões após o pôr do sol.


    Para um melhor atendimento e operacionalização do processo, pede-se que os guardadores de sábado informem sua condição no sistema de inscrições do Enem 2009. Ao preencher a ficha eletrônica, basta que o participante declare que necessita de atendimento especial. Os sabatistas que já se inscreveram e não prestaram essa informação podem fazê-lo no sistema de acompanhamento até o dia 17 de julho, final das inscrições.


    Os portões serão abertos às 12h e fechados às 12h55, no horário de Brasília, para todos os inscritos. Apesar de começarem a responder as provas em horário diferenciado, os participantes sabatistas também terão 4h30 para responder ao caderno da Prova I, com questões das áreas de ciências da natureza e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias.


    As inscrições para o Enem 2009 ficam abertas até o dia 17 de julho, somente pela internet, na página eletrônica do exame.

    Assessoria de Imprensa do Inep

  • As secretarias precisam aderir ao Enem 2009 como forma de certificação para que seus estudantes de EJA se inscrevam para fazer a prova ou eles devem se inscrever independentemente disso?

    Qualquer interessado pode se inscrever no Enem 2009, independentemente de seu objetivo ou de algum tipo de adesão formal por parte das Secretarias Estaduais e Municipais de Educação. A relação com as Secretarias de Educação começa após a obtenção do boletim individual de resultados, pois cabe à secretaria estipular os parâmetros mínimos e emitir os documentos formais de certificação.

  • Comitê de governança reafirma apoio à realização do exame

    Representantes do comitê de governança do novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) reafirmaram apoio à realização do exame. As manifestações foram feitas após a reunião do Comitê, nesta segunda-feira, 5, no Ministério da Educação, na qual o ministro Fernando Haddad relatou as medidas que o MEC está tomando para a realização do novo exame, depois do vazamento da prova.

    O presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Alan Barbiero, disse que as universidades podem alterar os calendários letivos de 2010 para adequá-los à nova data de aplicação do exame. “Continuamos confiantes no processo e lisura no novo Enem. As universidades farão esforço para fazer adequações necessárias”, afirmou.

    Segundo Barbiero, a maior preocupação dos reitores é alterar o calendário sem causar prejuízo para o ingresso dos alunos no primeiro semestre de 2010. “Dentro desse prazo, cada instituição fará os ajustes necessários”, observou.

    A nova data será anunciada na quarta-feira, dia 7, pelo ministro,  após estudo dos calendários dos processos seletivos de todas as instituições participantes do novo Enem.

    O presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Paulo César Pereira, disse que todos os institutos farão as mudanças necessárias para participar do exame. “Nenhum instituto recuou com relação ao uso do novo Enem como forma de acesso”, enfatizou.

    Já a representante do Conselho Nacional de Secretários de Educação e secretária de educação de Goiás, Milca Severino Pereira, disse que o novo Enem é importante para melhorar o ensino da educação básica. "Conclamamos as universidades e institutos federais que dêem oportunidade aos estudantes de fazer o Enem”, declarou.

    Assessoria de Comunicação Social
  • É possível obter certificação e não conseguir vaga na educação superior?

    Sim, pois são dois critérios distintos. Para obter certificação basta alcançar a pontuação mínima exigida pela Secretaria de Educação da região, mostrando que adquiriu as habilidades básicas exigidas para o nível médio. Para obter vaga na educação superior, além da nota, há o número de vagas disponíveis como critério.
  • Enem 2009 será a única oportunidade do ano para certificação no ensino médio

    O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC) oferecia como prova para certificação, até o ano passado, o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Este exame deixará de existir para o ensino médio, sendo oferecido neste ano apenas para o ensino fundamental. Portanto, para se candidatar à certificação do ensino médio, é necessário se inscrever no Enem 2009 até o dia 17 de julho e ter pelo menos 18 anos completos na data de realização da prova. As inscrições são realizadas exclusivamente pela internet, no endereço http://enem.inep.gov.br/inscricao.
  • Enem 2009 também será oportunidade para certificação no ensino médio

    O novo Enem, reformulado neste ano, agregou novas funcionalidades. Além de ser usado nos processos seletivos de instituições de ensino superior e servir como critério de distribuição de bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni), o novo Enem vai possibilitar que estudantes obtenham certificação no ensino médio. Para isso, o interessado em se certificar neste nível de ensino deve se inscrever e realizar a prova exatamente como os demais, para que depois, munido de seu boletim individual de desempenho, busque os caminhos formais para a certificação. A idade mínima para pleitear certificação por meio da prova do Enem é 18 anos.
  • Exame Nacional do Ensino Médio registra recorde de inscrições neste ano

    O balanço consolidado de inscrições ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2009 indica que 4.147.527 pessoas são esperadas para realizar a prova no próximo fim de semana, sábado e domingo, dias 3 e 4 de outubro. Esse número é o maior de todas as onze edições anteriores do exame, que ocorre desde 1998. No ano passado, foram cerca de 4 milhões de inscritos e quase 3 milhões de presentes no dia da prova.

    Dentre os inscritos ao Enem 2009, mais da metade já concluiu o ensino médio em anos anteriores: 60,97% do total. Os formandos neste ano representam 32,29% dos inscritos para fazer a prova, e somam 1.339.242 estudantes. Os outros 6,74% dos inscritos abrangem estudantes que vão terminar o ensino médio nos próximos anos e também aqueles que farão o exame como forma de certificar seus estudos.

    O número de potenciais participantes no Enem que está terminando o ensino médio neste ano representa algo próximo de 80% dos concluintes em todo o Brasil, numa comparação feita com os dados mais recentes do Censo Escolar da Educação Básica. De acordo com o Censo, 1.742.620 estudantes haviam concluído este nível de ensino no ano de 2007.

    Inscritos por município - O Enem 2009 será aplicado em 1.829 municípios espalhados por todos os estados e Distrito Federal. Também está prevista a aplicação da prova em 339 unidades prisionais do país. Considerando as cidades que abrigam exclusivamente presídios, o Enem vai chegar até 1.843 municípios no Brasil.

    A cidade de São Paulo é a que concentra maior número de inscritos para realizar a prova, 234.173 pessoas. A seguir vêm os municípios de Salvador (131.468 inscritos), Rio de Janeiro (110.979 inscritos) e Manaus (93.112 inscritos).

    Confira tabela de inscritos ao Enem 2009.

    Confira a lista de inscritos por município.

    Assessoria de Imprensa Inep/MEC
  • Inep rompe contrato e negocia novo consórcio para o exame

    O presidente do INEP, Reynaldo Fernandes, durante o anúncio do rompimento do contrato com o consórcio Connasel (Foto: Fabiana Carvalho)O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Reynaldo Fernandes, anunciou, nesta segunda-feira, dia 5, em Brasília, o rompimento do contrato com o Consorcio Nacional de Avaliação e Seleção (Connasel) que aplicaria as provas do novo Enem. O Centro de Seleção e Promoção de Eventos (Cespe) da Universidade de Brasília e a Fundação Cesgranrio devem assumir a função.

    “As negociações com o Cespe e a Cesgranrio, que já realizaram outras edições do Enem, estão bastante avançadas”, disse Reynaldo. De acordo com o presidente, o rompimento foi acordado com a Connassel. “Foi uma decisão bilateral, de comum acordo”, explicou.

    Detalhes da nova prova como logística, segurança e data serão anunciados na quarta-feira, dia 7, pelo ministro da educação Fernando Haddad.

    Foram pagos cerca de R$ 38 milhões à Connasel pela impressão das provas, o que representa um terço do valor do contrato firmado pelo Inep com o consórcio. Ainda de acordo com Reynaldo, caso o consórcio seja responsabilizado judicialmente pelo vazamento da prova, o Estado deve pedir o ressarcimento do dinheiro pago. “Se isso ficar provado, sou obrigado a pedir o ressarcimento”, afirmou o presidente do Inep.

    Maria Clara Machado
  • Já são quase 2,6 milhões de pessoas inscritas no Enem

    Até as 17h desta terça-feira, 7, o sistema de inscrições ao novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) recebeu 2.550.196 adesões. Os interessados podem se inscrever até o dia 17 de julho, exclusivamente pela internet, na página eletrônica do exame.


    O Enem é destinado a concluintes do ensino médio de escolas públicas e privadas, egressos e candidatos à certificação (com idade mínima de 18 anos) dessa etapa do ensino.


    Confira o número de inscritos por estado.

    Assessoria de Imprensa do Inep

  • Mais de 1,5 milhão de inscritos até as 17h desta quinta-feira

    O décimo primeiro dia de inscrições para o Enem 2009 já registra 1.526.778 adesões, até as 17h desta quinta-feira, 25. As inscrições para o exame estão abertas até o dia 17 de julho, e devem ser realizadas exclusivamente pela internet, na página eletrônica do Inep.


    As provas serão aplicadas para concluintes do ensino médio de escolas públicas e privadas, egressos e candidatos à certificação (com idade mínima de 18 anos) deste nível de ensino, nos dias 3 e 4 de outubro deste ano.


    Veja o número de inscritos por unidade da Federação.

    Assessoria de Imprensa do Inep

  • Ministro anuncia em cadeia de rádio e televisão adiamento do Enem

    Em pronunciamento em rede de rádio e televisão, nesta quinta-feira, 1º de outubro, o ministro da Educação, Fernando Haddad, comunicou ao país o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

    Segundo o ministro, a decisão de adiar o Enem foi motivada pela denúncia de que uma prova impressa foi oferecida para publicação em um jornal de circulação nacional, na noite de quarta-feira, dia 30 de setembro.

    Enquanto o MEC prepara outra prova e a Polícia Federal investiga o roubo, Haddad sugeriu aos estudantes que aproveitem o tempo para aprimorar os estudos. Anunciou, ainda, que o Ministério da Educação e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) colocaram em seus portais eletrônicos a prova descartada para uso em simulados.

    Assessoria de Comunicação Social do MEC

    Leia o pronunciamento do ministro.

    Assista ao video do pronunciamento.

    Confira as provas do Enem:



  • Munido de sua nota na prova do Enem 2009, como o interessado na certificação deverá proceder?

    Com o boletim de desempenho individual do Enem 2009 em mãos, o participante deverá se encaminhar à Secretaria de Educação de sua região para obter o diploma de conclusão do ensino médio. É de inteira responsabilidade das Secretarias a emissão do certificado de conclusão. O boletim individual de resultados do Enem 2009 enviado pelo Inep somente atesta o grau de conhecimento do participante no exame, e não é válido como documento de certificação.
  • O interessado na certificação vai receber boletim individual de desempenho idêntico ao dos demais participantes, na mesma data?

    O interessado em receber a certificação do ensino médio é um participante comum no Enem 2009; o que muda é seu objetivo final: obter o diploma de conclusão do ensino médio. Como todos os outros participantes, receberá a partir da segunda quinzena de janeiro de 2010 seu boletim individual de resultados. Ele será entregue pelos Correios no endereço que o candidato indicou no ato da inscrição. Para consultar os resultados individuais pelo site do Inep, serão necessários o número do CPF e a senha de acesso, cadastrados na fase de inscrição.
  • Período de inscrições é prorrogado até o próximo domingo, 19 de julho

    As inscrições para o Enem 2009 poderão ser feitas até às 23h59 do próximo domingo, 19 de julho. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep/MEC) tomou a decisão de prorrogar o prazo devido ao alto volume de acessos simultâneos ao sistema de inscrições, que nesta sexta-feira, 17, chega a quase 200 mil. A prorrogação do prazo dá oportunidade para aqueles que deixaram para se inscrever no último dia e encontram dificuldades de acesso.


    O Inep informa ainda q ue os inscritos poderão efetuar pagamento da taxa de inscrição, quando for o caso, até o dia 22/07, próxima quarta-feira. É possível gerar novo boleto até o dia 22/07, por meio do sistema de acompanhamento de inscrição. 

    Assessoria de Comunicação Social

  • Qual será a escala de notas do Enem 2009? Qual a média de proficiência mínima para certificação, pelas referências técnicas do Inep?

    A orientação dada pelo Inep sobre a pontuação mínima para certificação será determinada na escala de proficiência do Enem 2009, a ser apresentada posteriormente. Contudo, assim como nas edições anteriores, cabe às Secretarias de Educação definir a forma e os critérios de utilização das notas do exame, bem como a responsabilidade pela emissão dos documentos de conclusão do ensino médio.
  • Quatro universidades federais e 13 estaduais mudam data do vestibular

    Quatro universidades federais e 13 estaduais que tinham vestibulares marcados para os dias 5 e 6 de dezembro, nova data do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), confirmaram a mudança das datas de suas provas. Em duas federais – Santa Catarina e Juiz de Fora – os reitores se disseram favoráveis à mudança, mas encaminham a decisão para o conselho universitário. As universidades que adiaram seus processos seletivos marcaram a prova para uma ou duas semanas depois do Enem.

    As federais que mudaram a data são a Universidade de Brasília (UnB), ao transferir o Programa de Avaliação Seriada (PAS) para 12e 13 de dezembro; do Ceará (UFC), com provas de conhecimentos específicos e redação em 13e 14 de dezembro; de Sergipe (UFS) e de Uberlândia (UFU), que estão definindo os novos dias do exame.

    As universidades estaduais que já transferiram as datas são a do Amazonas (UEA), para 7 e 8 de dezembro; de Ponta Grossa (UEPG), para 20 de dezembro; do Mato Grosso do Sul (UEMS) para 13 de dezembro; da Bahia (UNEB), para 20e 21 de dezembro; do Rio de Janeiro (UERJ), que adiou a prova discursiva para 13 de dezembro; do Maranhão (UEMA), para 20 de dezembro; do Amapá (UEAP); do Pará (UEPA); de Goiás (UEG); do Oeste do Paraná (Unioeste), para 11 de dezembro; a Faculdade Tecnológica de São Paulo (Fatec), para 13 de dezembro e a Estadual Paulista (Unesp). Também alteraram suas datas a Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV/EAESP) e a Escola de Especialistas de Aeronáutica (EAGS). A estadual de Minas Gerais (UEMG) antecipou seu vestibular para 28 de novembro

    O Ministério da Educação entrou em contato com todas as universidades que tinham vestibular marcado para o primeiro fim de semana de dezembro. Até agora, apenas a Universidade Estadual de Londrina (UEL) decidiu manter a data de seu processo seletivo, mas propõe compatibilizar os horários no mesmo dia: a prova da universidade seria feita em um turno e o Enem, em outro.

    Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia reafirmam a posição do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) de manter o Enem como forma de ingresso dos estudantes. Aqueles que tinham processo seletivo marcado para 5e 6 dezembro já remarcaram a data.

    O Instituto Federal Sul-rio-grandense antecipou sua prova para 22 de novembro. O Instituto Federal do Sul de Minas Gerais mudou para 12e 13 de dezembroe o do Norte de Minas Gerais, para 20do mesmo mês. O Instituto Federal de Pernambuco trocou para 13 de dezembro. E o do Sertão Pernambucano remarcou para 13e 14 de dezembro a sua prova.

    Assessoria de Comunicação Social
  • Se obtiver pontos suficientes para pleitear uma vaga num dos vestibulares que usarão a nota do Enem, como o certificando deve proceder?

    Com a certificação obtida na Secretaria de Educação de sua região, o participante do Enem 2009 poderá pleitear as vagas oferecidas pelas instituições de ensino superior e também as destinadas nos processos seletivos de cursos profissionalizantes pós-médio. Portanto, não haverá mais necessidade de realização de duas provas (Encceja e Enem) para ingresso em um curso superior, tal como nas edições passadas do exame. Vale lembrar que algumas instituições usarão o Enem como critério único para a seleção, outras adotarão o exame apenas como primeira fase, outras o usarão como parte da nota, e, finalmente, algumas o adotarão apenas para preenchimento das vagas remanescentes. No site do MEC os interessados poderão obter mais detalhes brevemente.
  • Secretários de educação apóiam realização do novo Enem

    O Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), expressa, publicamente, apoio ao Ministério da Educação pela iniciativa e realização do Novo Enem.

    Na oportunidade, este Conselho lamenta a ocorrência dos acontecimentos que resultaram no adiamento das provas, porém, defende a total apuração dos fatos, visando a segurança e idoneidade do processo.

    O Consed reafirma o compromisso em colaborar com o processo e ressalta seu empenho na soma de esforços com o Ministério da Educação e órgãos envolvidos, visando a completa solução do problema, sempre respeitando o interesse público.

    Conselho Nacional de Secretários de Educação - Consed
Fim do conteúdo da página