Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Ministério da Educação vai criar a Biblioteca do Professor

    O presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Daniel Balaban, anunciou nesta terça-feira, 7, aos secretários de educação das 159 maiores cidades do país, incluídas as capitais dos estados, que o Ministério da Educação vai criar a Biblioteca do Professor. O acervo, segundo Balaban, será composto por obras que ajudarão o professor no seu cotidiano.


    Para montar a biblioteca, o FNDE lançará edital convocando as editoras a inscrever livros. O lançamento do edital, a seleção e a reprodução das obras acontecerão neste ano e a distribuição, em 2010. “Será algo inovador na educação brasileira”, disse o presidente do fundo.


    Balaban também informou aos secretários de educação, que o FNDE fará este ano novos convênios com as prefeituras para ampliar o Proinfância, programa de transferência de recursos do governo federal para os municípios construírem creches. Além de ampliar o programa, o fundo fará algumas adaptações nos modelos arquitetônicos das creches para atender os tipos de terrenos disponíveis nos municípios. O tamanho dos terrenos (40 por 70 metros quadrados) exigido para atender o projeto-padrão das creches, está entre os principais itens que dificultam a aprovação das propostas dos municípios. “O FNDE fará todo o empenho possível para levar o Proinfância às grandes cidades e capitais”, disse.


    Formação – Os dirigentes municipais também conheceram detalhes do Plano Nacional de Formação de Professores, lançado em maio, e a Plataforma Freire, que é o instrumento de acesso do professor aos cursos. O diretor de políticas de formação da Secretaria de Educação Básica, Marcelo Soares, explicou que o plano prevê ações que envolvem a colaboração entre o Ministério da Educação, os estados e os municípios e as instituições públicas de ensino superior. O objetivo do esforço conjunto é melhorar a qualidade da educação básica pública. Na Plataforma Freire, o professor pode conhecer detalhes do plano de formação, os cursos disponíveis, fazer inscrição e cadastrar seu currículo.


    O encontro do grupo de trabalho das grandes cidades vai até quinta-feira, 9, conforme o programa.

    Ionice Lorenzoni

Fim do conteúdo da página