Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Gabarito preliminar e cadernos de questões estão disponíveis
Início do conteúdo da página
  • Alunos do Norte e Centro-Oeste terão bolsas da Capes

    Foi anunciado, nesta terça-feira, 14, pelo presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Jorge Almeida Guimarães, em Manaus (AM), que a partir de agosto todos os estudantes de mestrado e doutorado matriculados e os que ainda vão se matricular em março de 2010, nas regiões Norte e Centro-Oeste, excluindo o Distrito Federal, terão bolsas da coordenação.


    Serão beneficiados os estudantes sem vínculo empregatício e que não possuam bolsas da Capes, do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), de fundações de amparo à pesquisa (FAPs) ou de empresas.


    De acordo com Jorge Guimarães, dos 160 mil estudantes de pós-graduação no Brasil, um terço possui vínculo empregatício, um terço recebe bolsa e um terço não tem nenhum apoio. As bolsas que a Capes vai conceder representam cerca de 5% desse total.


    A ação vai contribuir para minimizar as diferenças regionais referentes a cursos de pós-graduação. Dados de 2009 sobre a distribuição regional da pós-graduação no Brasil apontam que 50% a 59% dos cursos estão na região Sudeste, enquanto que a região Norte possui de 3% a 5%. “Há realmente uma concentração. Por isso precisamos trabalhar com componentes indissociáveis, que são os discentes, os docentes e a Capes. Essa é a idéia do programa”,  diz Jorge Guimarães.


    Para o presidente da Capes, o objetivo é fixar mestres e doutores nos estados. “A chance de fixar jovens nestas regiões é pouca. Para ter um projeto de formação de doutores que a região necessita, é necessário formar gente da terra”, enfatizou. Ele também explicou que as bolsas são tanto para universidades públicas quanto para as privadas.

    Assessoria de Imprensa da Capes

Fim do conteúdo da página