Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Projovem Campo-Saberes da Terra

    Execução: O governo federal descentraliza recursos para secretarias estaduais de Educação, municípios ou DF desenvolverem o Programa (implementação das turmas) e para instituições de Ensino Superior Públicas, para formação continuada dos profissionais em exercício efetivo no ProJovem Campo -Saberes da Terra.


    Organização:Duração de 2.400 h a serem executadas em 2 anos, alternando atividades de tempo-escola e tempo-comunidade. A forma de organização das turmas e o calendário  deverá se ajustar às necessidades locais. Turmas com 25 a 35 educandos.


    Deve haver três educadores das áreas de conhecimento do ensino fundamental e um das ciências agrárias, por turma.


    Currículo – Integração entre ensino fundamental e qualificação social e profissional, tendo como eixo articulador “Agricultura Familiar e Sustentabilidade”, em torno do qual se interconectam 5 eixos temáticos: “Agricultura Familiar, Identidade, Cultura, Gênero e Etnia”, “Sistemas de Produção e Processos de Trabalho no Campo”, “Cidadania, Organização Social e Políticas Públicas”, “Economia Solidária” e “Desenvolvimento Sustentável e Solidário com Enfoque Territorial”.


    Cadernos Pedagógicos – O Programa conta com Cadernos Pedagógicos  específicos para educandos e para educadores, elaborados e distribuídos pela SECAD/MEC.


    Para além da elevação da escolaridade com qualificação social e profissional, é objetivo do Programa contribuir para a formação integral do jovem do campo e potencializar a sua ação no desenvolvimento sustentável e solidário de seus núcleos familiares e comunidades, por meio de atividades curriculares e pedagógicas, em conformidade com o que estabelecem as Diretrizes Operacionais para Educação Básica nas Escolas do Campo – Resolução CNE/CEB nº 1 de 03 de abril de 2002.


    Documentos Complementares
    Parecer CNE/CEB nº 01/2006 – Aplicação da Pedagogia da Alternância.
    Parecer CNE/CEB nº 36/2001 – Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo.

Fim do conteúdo da página