Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Instituto recebe equipamento para estudos atmosféricos

    O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sertão Pernambucano recebeu esta semana o equipamento conhecido como imageador de céu completo. Instalado no campus de Petrolina, Zona Rural, o dispositivo obtém dados sobre fenômenos atmosféricos que interferem nas telecomunicações. Ele funciona como uma máquina fotográfica superpotente, com capacidade para registrar imagens da atmosfera espacial. Os dados coletados permitem compreender possíveis causas de interferências ocasionais nas telecomunicações.


    O município de Petrolina foi escolhido por ter a mesma linha magnética de São João do Cariri, Paraíba, onde foi instalado equipamento semelhante. A idéia é ampliar a área observada e melhorar a eficácia do estudo sobre fenômenos como a bolha de plasma, que provoca interrupções nos sinais de telefonia móvel, no sistema de posicionamento global (GPS) e em todos os demais sistemas cuja propagação ocorre por meio de ondas eletromagnéticas, como as transmissões via satélite.


    O imageador foi montado em área de baixa luminosidade urbana para facilitar o registro do fenômeno, que ocorre exclusivamente à noite. O físico Amaury Fragoso de Medeiros, professor da Universidade Federal de Campina Grande, Paraíba, considera a instalação do equipamento uma oportunidade para subsidiar estudos no campo da geofísica espacial, especialmente entre os alunos de iniciação científica.


    A operação caberá ao pesquisador francês Dominique Pautet, responsável também pela instalação do imageador. Parte do projeto é financiada pela Agência Nacional de Aeronáutica e Espaço (Nasa), dos Estados Unidos.


    Mais informações na página eletrônica do instituto federal do Sertão Pernambucano.

    Assessoria de Imprensa da Setec

Fim do conteúdo da página