Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Haddad propõe a reitores que universidades ouçam conselhos sobre consórcio

    Belo Horizonte– O ministro da Educação, Fernando Haddad, realiza reunião em Belo Horizonte com os reitores das sete universidades de Minas Gerais que assinaram o protocolo de intenções que formaliza a proposta de criação do consórcio de universidades mineiras do sul e sudeste do estado. Ele propõe manifestação prévia dos conselhos das universidades de concordância com a figura, a idéia e o conceito do consórcio. “Depois, quando a lei for aprovada, implementamos as medidas nas instituições que confirmarem a adesão”, disse.

    As universidades federais de Alfenas, Itajubá, Juiz de Fora, Lavras, São João del-Rei, Ouro Preto e Viçosa assinaram o protocolo de intenções que formaliza a proposta de criação do consórcio. Na proposta em debate, as instituições manteriam a autonomia, mas formulariam um único plano de desenvolvimento institucional (PDI) em consonância com o PDI de cada instituição. O consórcio deverá promover a integração dessas instituições, nos campos de ensino, pesquisa e extensão, o que será facilitado pela localização geográfica.

    Para Haddad, se já existisse a figura dos consórcios universitários, as universidades brasileiras estariam entre as de maior produção acadêmica do mundo. “Com este conjunto de professores, técnicos e estudantes, poderíamos imaginar uma instituição com capacidade de grande produção”.

    O ministro fez essa afirmação em reunião com os sete reitores, que ocorre em Belo Horizonte na tarde desta segunda-feira, 25, com o objetivo de unificar a proposta de consorcio acadêmico entre essas instituições.

    Assessoria de Comunicação Social
Fim do conteúdo da página