Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Teatro de cegos propõe reflexão sobre questões sociais e inclusão
Início do conteúdo da página
  • Edição deste ano bate recorde de inscrições, com 6,4 milhões de candidatos

    As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 chegaram a 6.497.466 candidatos. O número, recorde, supera o da edição de 2011, com 275.769  inscrições a mais. O processo, aberto em 28 de maio último, foi encerrado às 23h59 de sexta-feira, 15. São Paulo (1.068.517), Minas Gerais (723.644), Rio de Janeiro (474.046), Bahia (458.101) e Rio Grande do Sul (394.641) são as unidades da Federação com maior número de inscritos


    Feita apenas pela internet, a inscrição será confirmada após o pagamento da taxa de R$ 35, até o dia 20 próximo, por meio de guia de recolhimento da União (GRU) simples. Aluno de escola pública que esteja concluindo o ensino médio e se declarar integrante de família de baixa renda está liberado do pagamento. O pedido de isenção deve ser feito no momento da inscrição, também pela internet.

    As provas serão aplicadas em 3 e 4 de novembro, em todas as unidades da Federação, a partir das 13 horas (de Brasília). No primeiro dia, sábado, serão realizadas as provas de ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias, com duração de quatro horas e meia. No domingo, os estudantes terão cinco horas e meia para fazer as de matemática e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias e a redação.

    A divulgação do gabarito oficial, como estabelece o edital do exame, está prevista para 7 de novembro. O resultado final estará disponível para os estudantes a partir de 28 de dezembro.

    Assessoria de Comunicação Social

    Veja a relação completa das inscrições, por estado.


  • Professores e servidores públicos podem se inscrever para aplicar provas até segunda, 22

    Termina na próxima segunda-feira, 22 de julho, o prazo para os servidores públicos federais e de professores da rede pública estadual ou municipal interessados em trabalhar no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se inscreverem no Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Os selecionados irão participar da Rede Nacional de Certificadores (RNC) do Enem, nos dois domingos de aplicação — 3 e 10 de novembro. Eles atuarão como representantes do Inep em todos os locais de prova, sendo os responsáveis por conferir vários procedimentos.

    O valor pago é de R$ 342 por dia, o que equivale a R$ 28,50 por hora de trabalho.Os candidatos precisam cumprir alguns critérios antes de se inscreverem pela internet, no Sistema RNC ou pelo aplicativo da Rede. Antes da inscrição, é necessário realizar cadastro no sistema. Quem tem cadastro de anos anteriores pode atualizar as informações ou se inscrever diretamente.

    Os critérios para participação são:

    • ser servidor público do Poder Executivo Federal, em exercício em 2019, regido pela Lei nº 8.112, ou docente da rede pública estadual ou municipal de ensino, efetivo e registrado no Censo Escolar 2018;
    • ter formação mínima em ensino médio;
    • não estar inscrito e nem ter parentes inscritos no Enem 2019;
    • não ter vínculo com qualquer atividade do Enem ou do Inep.

    Todos os inscritos que atenderem aos critérios do Inep serão convocados para uma capacitação no formato de educação a distância. Aqueles que obtiverem a nota mínima exigida estarão aptos a atuar como certificadores do Enem. As demandas de trabalho são emitidas na semana da prova, de acordo com a necessidade do Inep para cada local de prova. Em 2019, o Enem será aplicado em 1.728 municípios.

    Confira o edital de chamada pública

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

Fim do conteúdo da página