Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Inscritos no Sisutec passam de 240 mil nesta sexta-feira

    O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) atingiu um total de 243.391 candidatos inscritos, até as 17h30 desta sexta-feira, 9. Como cada candidato pode fazer duas opções, o sistema recebeu 467.484 inscrições. A seleção será feita com base na nota do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012.

    São oferecidos 117 cursos em diversas áreas, com duração de 800 a 1,2 mil horas em 585 instituições, dentre estabelecimentos de educação superior e escolas técnicas particulares; institutos federais de educação, ciência e tecnologia; escolas técnicas vinculadas a universidades federais; escolas estaduais e municipais e entidades do Sistema S. Participam do Sisutec instituições com indicadores positivos no Ministério da Educação.

    Os candidatos que cursaram o ensino médio completo na rede pública ou em instituições particulares na condição de bolsista integral terão prioridade na ocupação de 85% das vagas oferecidas na seleção, todas gratuitas. Cada participante poderá se inscrever em até dois cursos técnicos.

    O resultado da primeira das duas chamadas será divulgado no dia 14 próximo. A matrícula deve ser feita nos dias 15e 16. O resultado da segunda convocação está previsto para o dia 19, com matrícula no dia seguinte. O processo seletivo será aberto duas vezes por ano, como no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para instituições públicas de educação superior.

    As inscrições devem ser feitas na página do Sisutec na internet. O novo sistema foi instituído pela Portaria do MEC nº 671, de 31 de julho de 2013, publicada no Diário Oficialda União do dia 1º de agosto, seção 1, páginas 14 e 15, e suas normas constam do Edital nº 1/2013 da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC, publicado no Diário Oficialde segunda-feira, 5, seção 3, páginas 61 e 62.

    O próximo balanço só será divulgado na segunda-feira, 12.

    Mais procurados
    – O curso de técnico em segurança do trabalho aparece no topo da lista dos dez cursos mais procurados até agora pelos candidatos inscritos no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), com mais de 57 mil inscrições. O curso de técnico em informática aparece em segundo lugar, seguido por técnico em enfermagem, técnico em logística e enfermagem.

    Assessoria de Comunicação Social


    Leia outras notícias sobre o Sisutec
  • Instituições da Região Norte abrem mais de 16 mil vagas

    Cursos técnicos em turismo, cozinha, hospedagem, paisagismo, controle ambiental, meio ambiente e florestas têm vagas abertas em instituições de ensino em cidades de quatro estados da Região Norte — Pará, Amapá, Acre e Amazonas. São 17 cursos, que somam 1.338 vagas, distribuídas entre os municípios de Monte Alegre (PA), Macapá (AP), Rio Branco (AC) e Manaus (AM).

    No conjunto, a região oferece 16.073 vagas em 27 municípios nesta edição do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). As inscrições estão abertas até sexta-feira, 25. Os cursos são gratuitos.

    Turismo — O curso, de 800 horas, habilita o profissional a orientar passeios e viagens, a transmitir informações socioculturais, históricas, ambientais e geográficas. As opções de emprego são agências e operadoras de viagens, organismos públicos, privados e autônomos. Em Manaus, são dois cursos e 150 vagas nos turnos da manhã e noite.

    Cozinha — Organização das instalações, seleção e preparo de matérias-primas, organização de cardápios, manipulação, armazenagem, estoque, consumo e custos de alimentos constituem o roteiro da formação. O campo de trabalho compreende restaurantes, bares, refeitórios, bufês, pousadas e cruzeiros marítimos. Manaus oferece dois cursos e 115 vagas nos turnos da manhã e noite. A formação também é feita em 800 horas de aulas.

    Hospedagem — Recepção, atendimento a clientes, serviços de andares e suporte a clientes são pontos da formação. O profissional da hospedagem atua em hotéis, pousadas, flats, resorts, embarcações e hospitais. Em Manaus, há 200 vagas em três cursos, nos turnos matutino, vespertino e noturno. A carga horária é de 800 horas.

    Paisagismo — Elaborar e executar projetos de paisagismo, organizar espaços, especificar elementos de projetos e definir planos de trabalho são atividades integrantes do curso, de 800 horas. São locais de trabalho os escritórios de design e de projetos de arquitetura e urbanismo, as empresas de jardinagem, produção e comercialização de plantas ornamentais, construtoras e imobiliárias. Em Rio Branco, a oferta é de 80 vagas no turno da manhã. Em Manaus, de 100 vagas, à noite.

    Meio ambiente — A formação profissional, de 800 horas, abrange organização de programas de educação ambiental, conservação e preservação de recursos naturais, redução, reuso e reciclagem. As possibilidades de trabalho estão em instituições públicas e particulares e do terceiro setor e em estações de tratamento de resíduos e unidades de conservação ambiental. No município paraense de Monte Alegre, um curso abre 40 vagas, à tarde. Macapá tem três cursos e 300 vagas nos turnos matutino, vespertino e noturno.

    Controle ambiental — O curso, de 800 horas, qualifica o profissional para gerenciar o manejo de resíduos; gerir o controle ambiental; racionalizar o uso de recursos naturais; operar estações de tratamento de efluentes, afluentes e resíduos sólidos; executar análises físico-químicas e microbiológicas de águas, efluentes e resíduos sólidos. O técnico pode atuar em instituições públicas e particulares e do terceiro setor e em estações de monitoramento e tratamento de efluentes, afluentes e resíduos sólidos. Há 200 vagas em Macapá para dois cursos, de manhã e à tarde.

    Florestas — O curso aborda, em 1,2 mil horas, a produção de mudas florestais, extração e beneficiamento de madeira, processos de produção e manejo sustentável e industrialização de recursos florestais. O profissional é preparado para a elaboração de inventário florestal; administração de unidades de conservação e de produção florestal; preservação ambiental, fiscalização e monitoramento da flora e da fauna silvestres. Os campos de trabalho são instituições públicas e particulares e do terceiro setor; indústrias de papel e celulose; instituições de pesquisa, assistência técnica e extensão rural; parques e reservas naturais, indústrias de silvicultura e exploração florestal. Macapá tem dois cursos, de manhã e à tarde, e 153 vagas.

    O Sisutec oferece, na atual edição, 289.341 vagas em cursos técnicos a estudantes que tenham concluído o ensino médio e feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013, com nota na redação que não seja zero. As vagas estão distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação.

    Para conhecer o tipo de formação e os campos de trabalho de cada curso, o candidato a vagas no Sisutec deve consultar o Catálogo de Cursos Técnicos, disponível na página do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) na internet.

    A inscrição, gratuita, deve ser feita na página do Sisutec na internet.

    Ionice Lorenzoni

    Leia também:

    Santa Catarina tem vagas em logística, aviação e área têxtil

    Técnico em logística é o curso com maior oferta de vagas

    Mato Grosso do Sul tem 99 cursos e mais de 5,6 mil vagas

    Automação industrial abre vagas em 43 cursos de 33 municípios

    Área de saúde tem oferta de 21 cursos técnicos pelo Sisutec

  • Instituições de ensino têm até sexta-feira para aderir ao Sisutec e fazer registro de cursos

    Está aberto até sexta-feira, 6, o período de adesão das instituições de ensino ao Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) e ao registro da oferta de vagas para este primeiro semestre. As regras foram publicadas nesta segunda feira, 2. O Sisutec faz parte do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e oferece vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente.

    Para cada curso registrado, o ofertante deve informar a carga horária, considerando o mínimo previsto no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos; a quantidade de vagas ofertadas para o turno selecionado; as datas de início e de previsão de término do curso e os requisitos relativos à idade mínima, quando houver exigência legal. Cursos que exijam testes de habilidade específica estão excluídos da oferta.

    O procedimento de oferta de vagas gratuitas para cursos técnicos na forma subsequente obedecerá ao cronograma constante do edital.

    A participação de instituição de ensino no Sisutec será formalizada a partir do registro da oferta de vagas no Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec). As vagas a serem ofertadas pelas instituições devem constar do Catálogo Nacional de Cursos Técnicos eregistradas noSistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec).

    As regras para a adesão das instituições e registro de curso constam do Edital nº 1/2015 da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 2.

    Assessoria de Comunicação Social

  • Instituições têm até 7 de fevereiro para apresentar propostas de cursos gratuitos

    O Ministério da Educação abriu nesta quinta-feira, 30, processo de seleção de instituições para oferta de vagas em cursos técnicos gratuitos subsequentes ao ensino médio. As instituições interessadas em oferecer vagas devem apresentar propostas ao MEC pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec), até 7 de fevereiro.

    Devem ser oferecidos 181 cursos técnicos de indústria, tecnologia da informação e comunicação, agropecuária, saúde, hospitalidade e lazer e infraestrutura, no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). São áreas com aumento de demanda por técnicos de nível médio no país. As aulas começam ainda neste primeiro semestre.

    As vagas, gratuitas, podem ser oferecidas por:

    • Instituições de educação profissional das redes públicas federal, estaduais, do Distrito Federal e municipais.

    • Instituições particulares de educação superior e escolas técnicas de nível médio.

    • Fundações públicas que atuem na área da educação profissional e os serviços nacionais de aprendizagem do Sistema S (Senai, Senac, Senar e Senat) que aderirem ao Pronatec.

    A formalização das propostas deve ser feita pelo Sistema Nacional de Informação da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec). O MEC divulgará as instituições selecionadas e os cursos oferecidos em 13 de março próximo. Os candidatos terão as inscrições abertas em 17 de março, conforme o cronograma:

    O Edital nº 1/2014 da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, que estabelece o cronograma e demais procedimentos para a apresentação de propostas de oferta de vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente por meio do Pronatec, foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira, 30.

    Manoela Frade

  • Institutos federais oferecem vagas do Sisutec nas 5 regiões

    A participação dos institutos federais de educação, ciência e tecnologia no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) abrange as cinco regiões do país. Nesta primeira edição do sistema, foram abertas vagas em 45 câmpus de 14 institutos em 11 unidades da Federação.

     

    Também na área federal, participam do Sisutec a Universidade Federal do Piauí (UFPI), com 13 cursos e 600 vagas distribuídas entre os colégios agrícolas de Bom Jesus, Floriano e Teresina, e a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), na Paraíba, com a Escola Técnica de Saúde de Cajazeiras, que abriu dois cursos e 100 vagas.

     

    Na região Norte, participam do Sisutec os institutos federais do Amapá e de Roraima, cada um com um câmpus. No Nordeste, os institutos federais da Bahia, com um câmpus, do Sertão Pernambucano (cinco), do Piauí (dez) e de Sergipe (um). No Centro-Oeste, os institutos federais Goiano (um) e de Mato Grosso (cinco). No Sudeste, os institutos de Minas Gerais (dez), do Sudeste de Minas (um), do Sul de Minas (dois) e o Fluminense (sete). No Sul, os institutos Farroupilha (dois) e Sul-Rio-Grandense (um).


    Ionice Lorenzoni

  • Jovens são 70,54% dos 233,4 mil inscritos no Sisutec até as 19h deste terceiro dia

    Buscar a qualificação profissional e entrar no mercado de trabalho tem sido o caminho escolhido por muitos jovens que pretendem obter vagas para a formação por meio do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Até às 19h desta quarta-feira, 23, 164,6 mil jovens de 18 a 30 anos inscreveram-se no Sisutec, o que representa 70,54% de todos os 233,4 mil inscritos.

    As mulheres são maioria, com 133,2 mil candidatas (57,1%).

    TABELA FAIXA ETÁRIA

    Nesta segunda edição do Sisutec em 2014, a oferta é de 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S), distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação.

    TABELA UNIDADES DA FEDERAÇÃO

    No momento da inscrição, o candidato pode fazer até duas opções de curso. As vagas serão preenchidas prioritariamente por pessoas que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero.

    Por meio do Sisutec, sistema informatizado do Ministério da Educação, instituições públicas e particulares de educação superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente. Criado em 2013, o sistema integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas em todo o país.

    Para conhecer o tipo de formação e os campos de trabalho de cada curso, o candidato a vagas no Sisutec deve consultar o Catálogo de Cursos Técnicos, disponível on-line na página do Pronatec.

    Os cursos são gratuitos, assim como a inscrição, que deve ser feita na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social

    Leia também:
    Santa Catarina tem vagas em logística, aviação e área têxtil
    Técnico em logística é o curso com maior oferta de vagas
    Mato Grosso do Sul tem 99 cursos e mais de 5,6 mil vagas
    Automação industrial abre vagas em 43 cursos de 33 municípios
    Área de saúde tem oferta de 21 cursos técnicos pelo Sisutec

  • Logística é o curso com maior oferta de vagas pelo Sisutec

    Entre os 24 tipos de cursos com maior número de vagas nesta edição do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) do Ministério da Educação, o campeão é o curso técnico em logística, com 40.712 vagas, seguido de segurança do trabalho, com 29.397.

    Nesse grupo de cursos também aparece com grande quantidade de vagas a área da saúde. Técnico em enfermagem tem 25.557 vagas; radiologia, 9.031; massoterapia, 7.585; gerência de saúde, 5.005; farmácia, 4.498; nutrição e dietética, 3.430.

    Outra área em destaque quanto ao número de vagas é a de informática.  O Sisutec oferece 21.819 para técnico em informática; 7.950 para redes de computadores; 5.475, para informática para internet; 4.969 para computação gráfica; 4.512, para programação de jogos digitais; 3.713, para manutenção e suporte em informática.

    Nos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), onde o Sisutec está inserido, a inscrição, a matrícula e a formação profissional são gratuitas. Jovens e adultos com ensino médio completo e interessados em fazer um curso técnico gratuito encontram no Sisutec 289.341 vagas em diversas instituições públicas e particulares e no sistema S.

    As inscrições, na página do Sisutec na internet, serão abertas na próxima segunda-feira, 21, e vão até sexta-feira, 25.

    Assessoria de Comunicação Social

  • Mais de 100 mil candidatos se inscrevem no primeiro dia do Sisutec

    No primeiro dia de inscrições, 100.204 pessoas se candidataram às 239.792 vagas oferecidas pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) em cursos técnicos em diversas áreas. Esse número foi registrado às 19h45. Como cada candidato pode fazer duas opções, o sistema recebeu 184.189 inscrições.

    A seleção será feita com base na nota do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012. São 117 cursos com duração de 800 a 1,2 mil horas em 586 instituições, dentre estabelecimentos de educação superior e escolas técnicas particulares; institutos federais de educação, ciência e tecnologia; escolas técnicas vinculadas a universidades federais; escolas estaduais e municipais e entidades do Sistema S. Participam do Sisutec instituições com indicadores positivos no Ministério da Educação.

     

    Os candidatos que cursaram o ensino médio completo na rede pública ou em instituições particulares na condição de bolsista integral terão prioridade na ocupação de 85% das vagas oferecidas na seleção, todas gratuitas. Cada participante poderá se inscrever em até dois cursos técnicos.

     

    O resultado da primeira das duas chamadas será divulgado no dia 14 próximo. A matrícula deve ser feita nos dias 15 e 16. O resultado da segunda convocação está previsto para o dia 19, com matrícula no dia seguinte. O processo seletivo será aberto duas vezes por ano, como no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para instituições públicas de educação superior.

     

    As inscrições devem ser feitas na página do Sisutec na internet. O novo sistema foi instituído pela Portaria do MEC nº 671, de 31 de julho de 2013, publicada no Diário Oficial da União do dia 1º de agosto, seção 1, páginas 14 e 15, e suas normas constam do Edital nº 1/2013 da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC, publicado no Diário Oficial de segunda-feira, 5, seção 3, páginas 61 e 62.


    Assessoria de Comunicação Social

     

    Ouça entrevista do secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Marco Antonio de Oliveira

     

    Leia mais matérias sobre o Sisutec

     

  • Mato Grosso do Sul tem 99 cursos e mais de 5,6 mil vagas

    Mato Grosso do Sul, estado que tem 200 mil quilômetros quadrados de área alagada na reserva do Pantanal, abre, nesta edição do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional (Sisutec), 470 vagas em quatro cursos técnicos em meio ambiente e em controle ambiental nas cidades de Três Lagoas, Campo Grande e Corumbá. No conjunto, o estado oferece 5.675 vagas, em 99 cursos distribuídos em oito municípios. O Sisutec recebe inscrições até sexta-feira, 25.

    O curso em meio ambiente tem 800 horas de duração. Em Corumbá, são 30 vagas no turno da manhã; em Campo Grande, 200, no turno vespertino; em Três Lagoas, 40, de manhã. São atividades do técnico em meio ambiente a organização de programas de educação ambiental, conservação e preservação de recursos naturais, redução, reuso e reciclagem. As possibilidades de trabalho são encontradas em instituições públicas, particulares e do terceiro setor, estações de tratamento de resíduos e unidades de conservação ambiental.

    O curso de controle ambiental, também de 800 horas, com 200 vagas em Campo Grande, qualifica o profissional para gerenciar o manejo de resíduos na perspectiva do desenvolvimento sustentável, executar o gerenciamento e o controle ambientais, racionalizar o uso de recursos naturais, operar estações de tratamento de efluentes, afluentes e resíduos sólidos; executar análises físico-químicas e microbiológicas de águas, efluentes e resíduos sólidos. O técnico pode atuar em instituições públicas e particulares e do terceiro setor, em estações de monitoramento e tratamento de efluentes, afluentes e resíduos sólidos.

    No estado, o Sisutec oferece cursos técnicos nas cidades de Aparecida do Taboado (5), Campo Grande (42), Corumbá (7), Dourados (11), Naviraí (4), Rio Verde de Mato Grosso (4), Sidrolândia (2) e Três Lagoas (24). Há vagas em cursos sobre trânsito, celulose e papel, edificações, eletrônica, desenho de construção civil, redes de computadores, segurança do trabalho, cuidados de idosos e mecânica, entre outros.

    Para conhecer o tipo de formação e os campos de trabalho de cada curso, o candidato a vagas no Sisutec deve consultar o Catálogo de Cursos Técnicos, disponível na página do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) na internet.

    O Sisutec oferece, na atual edição, 289.341 vagas em cursos técnicos a estudantes que tenham concluído o ensino médio e feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013, com nota na redação que não seja zero. As vagas estão distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação. Os cursos são gratuitos, assim como a inscrição, que deve ser feita na página do Sisutec na internet.

    Ionice Lorenzoni


    Leia também:
    Área de saúde tem oferta de 21 cursos técnicos pelo Sisutec

  • Matrícula de candidato convocado na 2ª chamada vai até sexta

    Os candidatos inscritos no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) podem consultar on-line o resultado da segunda chamada. Os selecionados têm prazo para efetuar a matrícula a partir desta quarta-feira, 2, até sexta-feira, 4.

    A primeira edição de 2014 do Sisutec registrou 1.016.211 inscrições. O total de inscritos chegou a 527.730 — cada candidato pôde fazer até duas opções de curso. O estado do Rio de Janeiro liderou as inscrições, com 111.282 registros, seguido de Minas Gerais com 100.738. São Paulo aparece em terceiro lugar, com 88.586.

    Nesta primeira edição de 2014, o Sisutec oferece 293.738 vagas em cursos técnicos subsequentes para pretendentes que já concluíram o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14de abril a 12de maio. As vagas serão ocupadas prioritariamente por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, na condição de bolsistas integrais, em instituições particulares. O estudante também deve ter se submetido à edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na prova de redação que não tenha sido zero.

    Após as duas chamadas, todos aqueles que tenham concluído o ensino médio vão poder se candidatar às vagas remanescentes. O período de inscrições será aberto na segunda-feira, 7, e se estenderá até o dia 13próximo.

    A oferta de cursos do Sisutec é feita por instituições públicas e particulares. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) já abriu mais de 6 milhões de matrículas — 1,7 milhão em cursos técnicos e 4,3 milhões em cursos de qualificação profissional.

    A consulta ao resultado da segunda chamada deve ser feita na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social
  • Matrícula dos convocados em 1ª chamada no Sisutec vai até sexta

    Os candidatos convocados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) podem fazer a matrícula até esta sexta-feira, 1º de agosto, diretamente na instituição de ensino que oferece o curso. A segunda chamada da seleção está prevista para 5 de agosto.

    Para esta edição do Sisutec, foram oferecidas 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em 466 municípios de todas as unidades da Federação. As vagas serão preenchidas prioritariamente por pessoas que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero.

    Por meio do Sisutec, sistema informatizado do Ministério da Educação, instituições públicas e particulares de educação superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente. Criado em 2013, o sistema integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas em todo o país.

    A relação dos convocados na primeira chamada pode ser consultada na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social

  • Matrícula dos convocados na 2ª chamada vai até sexta-feira

    Os candidatos convocados na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) devem fazer a matrícula a partir desta quarta-feira, 6, até sexta-feira 8, diretamente nas instituições de ensino que oferecem os cursos.

    Nesta edição do Sisutec, a oferta é de 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S), distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação.

    As vagas serão preenchidas prioritariamente por pessoas que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero.

    Os candidatos que não foram selecionados em nenhuma das duas chamadas podem concorrer às vagas remanescentes. O prazo de inscrição, na página do Sisutec na internet, vai do dia 11 ao dia 20 próximo.

    Por meio do Sisutec, sistema informatizado do Ministério da Educação, instituições públicas e particulares de educação superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente. Criado em 2013, o sistema integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas em todo o país.

    Assessoria de Comunicação Social


    Confira os selecionados na segunda chamada

  • Minas, Bahia, Rio e São Paulo concentram o maior número de inscrições no Sisutec

    Os estados de Minas Gerais, Bahia, Rio de Janeiro e São Paulo concentram o maior número de inscrições na segunda edição de 2014 do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Até as 19h desta quinta-feira, 24, o sistema registrou 528,7 mil inscrições — cada candidato pode fazer até duas opções de curso no momento da inscrição. O total chegou a 276,2 mil inscritos.

    TABELA DE INSCRIÇÕES POR ESTADO

    Os interessados nos cursos técnicos gratuitos oferecidos pelo sistema têm até as 23h59 desta sexta-feira, 25, para fazer a inscrição. A oferta é ampla. São 289.341 vagas em cursos distribuídos por 466 municípios em todas as unidades da Federação, oferecidos por instituições públicas, particulares e do sistema S. Entre os cursos mais procurados nesta edição estão os de técnico em segurança do trabalho, em logística, em enfermagem, em informática, em radiologia e em edificações.

    TABELA DOS CURSOS MAIS PROCURADOS

    As vagas serão preenchidas prioritariamente por pessoas que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero.

    Criado em 2013, o sistema integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas em todo o país. Para conhecer o tipo de formação e os campos de trabalho de cada curso, o candidato a vagas no Sisutec deve consultar o Catálogo de Cursos Técnicos, disponível on-line na página do Pronatec.

    As inscrições, gratuitas, devem ser feitas na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social

    Leia também:
    Santa Catarina tem vagas em logística, aviação e área têxtil
    Técnico em logística é o curso com maior oferta de vagas
    Mato Grosso do Sul tem 99 cursos e mais de 5,6 mil vagas
    Automação industrial abre vagas em 43 cursos de 33 municípios
    Área de saúde tem oferta de 21 cursos técnicos pelo Sisutec
    Instituições da Região Norte abrem mais de 16 mil vagas
    Em Tocantins, estão abertas 500 vagas para capacitação técnica
    Agronegócio oferece 500 vagas em cidades mato-grossenses

  • Mulheres são maioria nas inscrições do Sisutec. Prazo termina nesta sexta-feira

    De acordo com balanço das 18h30 desta quinta-feira, 20, do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) as mulheres representam 58,66% dos candidatos que buscam uma vaga na educação profissional e tecnológica, com 815.844 inscrições. Enquanto os homens registram 337.287 inscrições, o que representa 41,34% do total.

    Até o momento, o Sisutec já registrou 815.844 inscrições. O prazo para que os candidatos se inscrevam, exclusivamente, on-line vai até esta sexta-feira, 21 de março.

    A primeira edição de 2014 do Sisutec oferece 291.338 vagas em cursos técnicos subsequentes, para pretendentes que já concluíram o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.

    As vagas para os cursos serão ocupadas, prioritariamente, por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições privadas, na condição de bolsista integral. O aluno também deverá ter se submetido à edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente a 2013 e, cumulativamente, ter obtido nota acima de zero na prova de redação.

    A divulgação dos resultados, em primeira chamada, está prevista para 25 de março, e a segunda chamada para 1º de abril. Após a realização das duas chamadas, todos aqueles que tenham concluído o ensino médio poderão se candidatar às vagas remanescentes.

    Acesse a página do Sisutec

    Assessoria de Comunicação Social

  • Na primeira edição de 2014, Sisutec registrou 1.016.211 inscrições

    Em sua primeira edição de 2014, o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) registrou 1.016.211 inscrições. A divulgação dos resultados, em primeira chamada, está prevista para a próxima terça-feira, 25. O total de inscritos chegou a 527.730 – cada candidato pode fazer até duas opções de curso.

    O estado do Rio de Janeiro liderou as inscrições com 111.282, seguido de Minas Gerais com 100.738 inscrições. São Paulo aparece em terceiro lugar, com 88.586 inscrições.

    A primeira edição de 2014 do Sisutec ofereceu 293.738 vagas em cursos técnicos subsequentes, para pretendentes que já concluíram o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.

    As vagas para os cursos serão ocupadas, prioritariamente, por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições privadas, na condição de bolsista integral. O aluno também deverá ter se submetido à edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente a 2013 e, cumulativamente, ter obtido nota acima de zero na prova de redação.

    A divulgação dos resultados da segunda chamada deve ocorrer em 1º de abril. Após a realização das duas chamadas, todos aqueles que tenham concluído o ensino médio poderão se candidatar às vagas remanescentes.

    A oferta de cursos do Sisutec é feita em instituições públicas e privadas. O Pronatec já ofertou mais de 6 milhões de matrículas, sendo 1,7 milhão em cursos técnicos e 4,3 milhões em cursos de qualificação profissional.

    Acesse a página do Sisutec

    Assessoria de Comunicação Social

    Seleção unificada

    Na primeira edição de 2014, Sisutec registrou
    1.016.211 inscrições; resultado da 1ª chamada sai na terça-feira, 25

    Em sua primeira edição de 2014, o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) registrou 1.016.211 inscrições. A divulgação dos resultados, em primeira chamada, está prevista para a próxima terça-feira, 25. O total de inscritos chegou a 527.730 – cada candidato pode fazer até duas opções de curso.

    O estado do Rio de Janeiro liderou as inscrições com 111.282, seguido de Minas Gerais com 100.738 inscrições. São Paulo aparece em terceiro lugar, com 88.586 inscrições.

    A primeira edição de 2014 do Sisutec ofereceu 293.738 vagas em cursos técnicos subsequentes, para pretendentes que já concluíram o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.

    As vagas para os cursos serão ocupadas, prioritariamente, por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições privadas, na condição de bolsista integral. O aluno também deverá ter se submetido à edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente a 2013 e, cumulativamente, ter obtido nota acima de zero na prova de redação.

    A divulgação dos resultados da segunda chamada deve ocorrer em 1º de abril. Após a realização das duas chamadas, todos aqueles que tenham concluído o ensino médio poderão se candidatar às vagas remanescentes.

    A oferta de cursos do Sisutec é feita em instituições públicas e privadas. O Pronatec já ofertou mais de 6 milhões de matrículas, sendo 1,7 milhão em cursos técnicos e 4,3 milhões em cursos de qualificação profissional.

    Acesse a página do Sisutec

    Assessoria de Comunicação Social

  • No primeiro dia, Sisutec chega a 248.505 inscrições até 19h30. Prazo é 21 de março

    O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) registrou 248.505 inscrições, de acordo com balanço das 19h30 desta segunda-feira, 17. O prazo para que os candidatos se inscrevam, exclusivamente on-line, vai até 21 de março.

    No primeiro dia de inscrições, os cursos mais procurados foram: técnico em segurança do trabalho, com 35.062 inscrições; técnico em logística, com 26.008 inscrições; técnico em enfermagem, com 20.484 inscrições; técnico em informática, com 15.619, e por fim, técnico em edificações – 14.592

    A primeira edição de 2014 do Sisutec oferece 291.338 vagas em cursos técnicos subsequentes, para pretendentes que já concluíram o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.

    As vagas para os cursos serão ocupadas, prioritariamente, por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições privadas, na condição de bolsista integral. O aluno também deverá ter se submetido à edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente a 2013 e, cumulativamente, ter obtido nota acima de zero na prova de redação.

    A divulgação dos resultados, em primeira chamada, está prevista para 25 de março, e a segunda chamada para 1º de abril. Após a realização das duas chamadas, todos aqueles que tenham concluído o ensino médio poderão se candidatar às vagas remanescentes.

    A oferta de cursos do Sisutec é feita em instituições públicas e privadas. O Pronatec já ofertou mais de 6 milhões de matrículas, sendo 1,7 milhão em cursos técnicos e 4,3 milhões em cursos de qualificação profissional.

    Acesse a página do Sisutec

    Assessoria de Comunicação Social




  • No último dia, Sisutec registra 972.717 inscrições, em balanço das 20h

    A poucas horas do fim das inscrições, às 20h desta sexta-feira, 21, o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) já registrou 972.717 inscrições. O prazo para que os candidatos se inscrevam, exclusivamente on-line, encerra-se nesta sexta, às 23h59. O balanço final de inscrições deve ser divulgado pelo Ministério da Educação na segunda-feira, 24.

    O estado do Rio de Janeiro lidera as inscrições com 106.061, seguido de Minas Gerais com 95.138 inscrições. São Paulo aparece em terceiro lugar, com 83.386 inscrições.

    A primeira edição de 2014 do Sisutec ofereceu 293.738 vagas em cursos técnicos subsequentes, para pretendentes que já concluíram o ensino médio. Os cursos são gratuitos e têm início previsto para o período de 14 de abril a 12 de maio.

    As vagas para os cursos serão ocupadas, prioritariamente, por estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou, se em instituições privadas, na condição de bolsista integral. O aluno também deverá ter se submetido à edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) referente a 2013 e, cumulativamente, ter obtido nota acima de zero na prova de redação.

    A divulgação dos resultados, em primeira chamada, está prevista para a próxima terça-feira, 25, e a segunda chamada para 1º de abril. Após a realização das duas chamadas, todos aqueles que tenham concluído o ensino médio poderão se candidatar às vagas remanescentes.

    A oferta de cursos do Sisutec é feita em instituições públicas e privadas. O Pronatec já ofertou mais de 6 milhões de matrículas, sendo 1,7 milhão em cursos técnicos e 4,3 milhões em cursos de qualificação profissional.

    Acesse a página do Sisutec

    Assessoria de Comunicação Social
  • Nordeste e Sudeste são as regiões com mais candidatos inscritos nesta edição do Sisutec

    As regiões Nordeste e Sudeste registraram a maior procura pelos cursos técnicos ofertados nesta segunda edição de 2014 do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). No Nordeste, foram efetuadas 148.728 inscrições; no Sudeste. 83.284.
    Até as 19h30 desta terça-feira, 22, o total de inscritos em todo o Brasil somava 163,8 mil, enquanto as inscrições chegavam a 311,8 mil — cada candidato pode fazer até duas opções de curso.

    Tabela inscrições por região

    Entre as unidades da Federação, destaque para a Bahia, com 28.975 inscrições, seguida por Minas Gerais (27.527), Rio de Janeiro (25.144), Ceará (24.752) e Pernambuco (23.754).

    Tabela inscrições por UF

    As mulheres seguem como as maiores interessadas nos cursos técnicos oferecidos por instituições públicas e particulares e dos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S). Elas respondem por 56,8% das inscrições.
    Os cursos de técnico em segurança, em logística, em enfermagem, em informática e em radiologia são os mais procurados.

    Tabela cursos mais procurados

    O Sisutec oferece, na atual edição, 289.341 vagas em cursos técnicos a estudantes que tenham concluído o ensino médio e feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013, com nota na redação que não seja zero. As vagas estão distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação.

    Para conhecer o tipo de formação e os campos de trabalho de cada curso, o candidato a vagas no Sisutec deve consultar o Catálogo de Cursos Técnicos, disponível na página do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) na internet. Os cursos são gratuitos, assim como a inscrição, que deve ser feita na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social



  • Número de candidatos aos cursos técnicos do Sisutec já ultrapassa os 176 mil

    O número de candidatos inscritos no Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) alcançou um total de 176.038, até as 19h desta quarta-feira, 7. Como cada candidato pode fazer duas opções, o sistema recebeu 337.601 inscrições.

    São oferecidos cursos em diversas áreas. A seleção será feita com base na nota do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012. São 117 cursos com duração de 800 a 1,2 mil horas em 586 instituições, dentre estabelecimentos de educação superior e escolas técnicas particulares; institutos federais de educação, ciência e tecnologia; escolas técnicas vinculadas a universidades federais; escolas estaduais e municipais e entidades do Sistema S. Participam do Sisutec instituições com indicadores positivos no Ministério da Educação.

     

    Os candidatos que cursaram o ensino médio completo na rede pública ou em instituições particulares na condição de bolsista integral terão prioridade na ocupação de 85% das vagas oferecidas na seleção, todas gratuitas. Cada participante poderá se inscrever em até dois cursos técnicos.

     

    O resultado da primeira das duas chamadas será divulgado no dia 14 próximo. A matrícula deve ser feita nos dias 15 e 16. O resultado da segunda convocação está previsto para o dia 19, com matrícula no dia seguinte. O processo seletivo será aberto duas vezes por ano, como no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona estudantes para instituições públicas de educação superior.

     

    As inscrições devem ser feitas na página do Sisutec na internet. O novo sistema foi instituído pela Portaria do MEC nº 671, de 31 de julho de 2013, publicada no Diário Oficial da União do dia 1º de agosto, seção 1, páginas 14 e 15, e suas normas constam do Edital nº 1/2013 da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC, publicado no Diário Oficial de segunda-feira, 5, seção 3, páginas 61 e 62.


    Assessoria de Comunicação Social

     

  • Número de candidatos passa de 50,2 mil no primeiro dia de inscrições do Sisutec

    O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) registrou, até as 17h desta segunda-feira, 21, primeiro dia da seleção, 50.236 inscritos. Os candidatos têm até sexta-feira, 25, para fazer a inscrição, pela internet.

    Nesta segunda edição do Sisutec em 2014, a oferta é de 289.341 vagas em cursos técnicos e gratuitos em instituições públicas e particulares e nos serviços nacionais de aprendizagem (sistema S), distribuídas em 466 municípios das 27 unidades da Federação.

    No momento da inscrição, o candidato pode fazer até duas opções de curso. As vagas serão preenchidas prioritariamente por pessoas que tenham cursado o ensino médio completo em escolas da rede pública ou em instituições particulares, na condição de bolsistas integrais. Além disso, os candidatos devem ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido nota na redação que não seja zero.

    Por meio do Sisutec, sistema informatizado do Ministério da Educação, instituições públicas e particulares de educação superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente. Criado em 2013, o sistema integra o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que até julho deste ano registrou 7,6 milhões de matrículas em todo o país.

    As inscrições, gratuitas, devem ser feitas na página do Sisutec na internet.

    Assessoria de Comunicação Social

Fim do conteúdo da página