Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Instituto capixaba tem 30 vagas em pedagogia da alternância

    Professores e profissionais da educação graduados em qualquer área do conhecimento podem se candidatar ao curso de pós-graduação em pedagogia da alternância, que será oferecido pelo Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), no campus Barra de São Francisco. São 30 vagas para ingresso neste semestre. As inscrições devem ser feitas entre 9 e 25 de fevereiro.

    De acordo com o diretor do campus, Jean Rubyo de Oliveira Lopes, o curso visa qualificar profissionais da educação – professores, técnicos e gestores – que atuam nos sistemas públicos e escolas do campo que já adotam ou que estão em processo de implantação da pedagogia da alternância, e contribuir na oferta de uma educação contextualizada com a realidade dessas populações.

    A pedagogia da alternância é um método que busca a interação entre o estudante que vive no campo e a realidade que ele vivencia em seu cotidiano, de forma a promover constante troca de conhecimentos entre seu ambiente de vida e trabalho e o escolar.

    Para desenvolver a formação, que tem 360 horas, o campus Barra de São Francisco fez parceria com a Regional das Associações dos Centros Familiares de Formação em Alternância do Espirito Santo (Raceffaes), entidade que trabalha com pedagogia da alternância.

    A escolha do curso, explica Jean Rubyo, visa atender a população rural do município e seu entorno onde a agricultura familiar, a produção de leite e a cultura do café são fortes, e valorizar o diálogo escola, família e o campo. A especialização será presencial e as aulas devem acontecer nas dependências da Raceffaes, porque a estrutura física do campus está em construção.

    Conforme o edital de seleção, a pós-graduação terá duração de dois anos, sendo 18 meses de estudos dos conteúdos da formação e os seis meses restantes serão reservados para o cursista escrever o trabalho de conclusão, que é obrigatório.

    Currículo – O currículo, explica Jean Rubyo, será construído a partir de temas geradores que serão definidos pelos coordenadores e professores da pós-graduação em diálogo com os selecionados para a especialização. O princípio da formação são os instrumentos metodológicos da pedagogia da alternância, modelo de educação que nasceu entre as duas guerras mundiais do século 20, por volta de 1935, na França. Naquele momento, a agricultura francesa sofria forte transformação e aumento do êxodo rural. Para enfrentar o problema, agricultores do país preocupados com a formação de seus filhos se organizaram em associações e criaram a Escola Família Agrícola (EFA). A experiência, segundo Jean Rubyo, foi bem sucedida, expandiu-se na Europa e depois para outros continentes, chegou à América e ao Brasil.

    A formação em pedagogia da alternância tem na base os Instrumentos Pedagógicos, que constituem um roteiro de estudos com dez pontos. O plano de estudo, por exemplo, que abre o roteiro, é um método de pesquisa participativa, que possibilita analisar vários aspectos da realidade do aluno e promover uma relação autêntica entre a vida e a escola. Outros instrumentos são temas geradores, conteúdos vivenciais, caderno da realidade.

    Inscrição – Na inscrição, o candidato deve apresentar diversos documentos, entre os quais, certificado de conclusão de curso superior, comprovante que está vinculado à educação no campo, carteira de identidade, CPF, currículo, memorial onde descreverá sua experiência profissional. A seleção dos candidatos será feita por uma banca composta por servidores do instituto federal, nomeada com essa finalidade.

    A inscrição e entrega dos documentos pode ser feita de duas formas: no campus Barra de São Francisco, de segunda à sexta-feira, entre 9 e 25 de fevereiro; ou pelo Correio, via sedex, dentro do mesmo prazo.

    De acordo com o calendário informado no edital, o resultado da seleção será divulgado em 23 de março e as matrículas serão realziadas de 26 a 31 de março.

    Ionice Lorenzoni

    Confira o edital no portal do IFES

Fim do conteúdo da página