Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Novas instituições de Portugal aceitam resultados do Enem

    Cresce a lista de instituições de ensino superior de Portugal que usam as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a seleção de alunos brasileiros. A partir desta quinta-feira, 16, o Instituto Universitário de Ciências da Saúde, a Escola Superior de Saúde do Vale do Ave e a Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa somaram-se à lista, elevando o número para 21 instituições.

    A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, assinou o 19º acordo de cooperação nesse sentido na manhã desta quinta-feira, 16, com a Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (Cespu), mantenedora dessas três instituições, todas na região do Porto. 

    Maria Inês Fini adiantou que repassará a todas as instituições portuguesas que já usam o Enem para selecionar brasileiros as principais mudanças que o Exame terá a partir da edição de 2017. “É uma atitude de deferência a todas essas instituições que reconhecem nosso exame”, afirmou. O acordo com a Cespu entra em vigor imediatamente. Os resultados no Enem 2016 já poderão ser usados para as seleções deste ano.

    Para selecionar brasileiros interessados em seus cursos de graduação, a Cespu vai usar a nota da prova de ciências da natureza e suas tecnologias. Segundo o diretor Luís Manuel Duarte Martins da Silva, a nota do Enem será somada com a média das notas do ensino médio do candidato. “Hoje, 20% das nossas vagas são direcionadas a alunos internacionais. Se temos no Brasil uma prova nacional e reconhecida para avaliar o ensino médio, devemos usá-la. Vamos priorizar os alunos brasileiros que tiverem feito o Enem”, afirmou.

    São as seguintes as instituições de ensino superior portuguesas que mantêm acordos de cooperação com o MEC com o objetivo de receber estudantes brasileiros de acordo com os resultados do Enem:

    1.     Universidade de Coimbra (26/05/2014);
    2.     Universidade de Algarve (18/09/2014);
    3.     Instituto Politécnico de Leiria (24/04/2015);
    4.     Instituto Politécnico de Beja (10/07/2015);
    5.     Instituto Politécnico do Porto (26/08/2015);
    6.     Instituto Politécnico de Portalegre (08/10/2015);
    7.     Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (09/11/2015);
    8.     Instituto Politécnico de Coimbra (24/11/2015);
    9.     Universidade de Aveiro (25/11/2015);
    10.    Instituto Politécnico de Guarda (26/11/2015);
    11.    Universidade de Lisboa (27/11/2015);
    12.    Universidade do Porto (09/03/2016);
    13.    Universidade da Madeira (14/03/2016);
    14.    Instituto Politécnico de Viseu (15/07/2016);
    15.    Instituto Politécnico de Santarém (15/07/2016);
    16.    Universidade dos Açores (04/08/2016);
    17.    Universidade da Beira Interior (20/09/2016);
    18.    Universidade do Minho (24/10/2016);
    19.    Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (16/03/2017)

    Assessoria de Comunicação Social

     

Fim do conteúdo da página