Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Ministro inaugura primeira etapa do campus Jaru do Instituto Federal de Rondônia


    O ministro da Educação, Mendonça Filho, participou da inauguração da primeira etapa da nova sede do campus Jaru do Instituto Federal de Rondônia (IFRO), nesta sexta-feira, 12. Ele também visitou as obras em andamento e autorizou a liberação de R$ 655 mil para a execução das construções. Desde o ano passado, o MEC já liberou R$ 60 milhões para o IFRO.

    De acordo com o ministro, o MEC vai seguir com o incentivo ao aumento de vagas. “A gente vai entregar oficialmente a expansão do Instituto Federal de Rondônia e o campus de Jaru. Ao mesmo tempo, assumindo o compromisso para que a gente possa continuar ofertando a ampliação da educação técnica e tecnológica”, ressaltou.

    Nesta primeira fase, foi entregue um prédio de, aproximadamente, 330 m², composto por uma estrutura moderna de três salas – entre elas, um laboratório de informática. Os recursos liberados nesta sexta serão investidos na construção de outro bloco de dois pavimentos, com área de 918 m², que abrigará dez salas de aula e dois laboratórios.

    O diretor-geral do campus Jaru, Renato Delmonico, afirmou que os investimentos refletem os anseios da população da região. “Estamos inaugurando esta primeira etapa desta instituição que tem muito a crescer ainda. A região de Jaru torce muito para esse crescimento e tem muita expectativa nos cursos, na qualidade do que é oferecido no ensino técnico, profissional e superior.”

    Instituto – O IFRO está presente em vários municípios do estado e oferece educação presencial e a distância em oito campi regulares e um avançado. Os cursos superiores presenciais são de bacharelado, licenciatura e tecnológicos. A instituição também oferta cursos presenciais de especialização lato sensu. Já na educação básica, são oferecidos cursos técnicos profissionalizantes integrados ao ensino médio e cursos subsequentes.

    O campus de Jaru é o nono do IFRO. As atividades tiveram início em 2012, por meio do polo de educação a distância, provisoriamente instalado em uma escola municipal. O IFRO recebeu do município de Jaru a área onde funcionava o antigo parque de exposições agropecuária, numa área de 49 mil m², para instalação do campus definitivo. Atualmente, estão matriculados 310 alunos; a previsão é de que haja o dobro de estudantes a partir do próximo ano. A instituição tem ainda 366 professores e 470 técnicos.

    Agenda – Ainda no município rondoniense, o ministro visitou a Faculdade de Educação de Jaru (Fimca Unicentro). Credenciada pelo MEC em 2001, a instituição oferece dez cursos de graduação: administração, ciências contábeis, serviço social, pedagogia, ciências biológicas, gestão ambiental, agronegócio, gestão pública, gestão hospitalar e gestão de recursos humanos.

    Assessoria de Comunicação Social

Fim do conteúdo da página