Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Educação a distância

Tecnologia auxilia no ensino da matemática

Sexta-feira, 15 de maio de 2009 - 18:43
O uso da informatica no ensino da matematica e um dos projetos selecionados em seminarios regionais, no ano passado, para  apresentacao no 1o Encontro Nacional ProInfo e TV Escola (Foto: Divulgação/Setec)As aulas de matemática nas escolas públicas de Ijuí (RS) ganharam reforço. É o projeto O Uso da Informática no Ensino da Matemática na Educação Básica, realizado pelos multiplicadores do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTE) do município. A novidade foi apresentada no 1º Encontro Nacional ProInfo e TV Escola. Durante o evento, encerrado nesta sexta-feira, 15, em Brasília, os multiplicadores do NTE de Ijuí repassaram a experiência e anunciaram que já estão sendo produzidos CDs com 400 atividades da disciplina para distribuir a outras escolas.


Segundo a multiplicadora do NTE de Ijuí, Maristela Luisa Brizzi, o projeto surgiu da necessidade dos professores de dispor de ferramentas tecnológicas para trabalhar com os conteúdos da matemática. “É uma das disciplinas com a qual os alunos têm mais dificuldades. Portanto, devemos utilizar recursos diversos para mudar esse quadro”, assinala.


O programa foi idealizado em 2005, junto com uma universidade do município e difundido nas escolas com laboratórios do Programa Nacional de Informática na Educação (ProInfo Integrado). “A ideia de preparar o CD é para atender também às instituições que não possuem internet”, explica. Este ano, o NTE de Ijuí lançou curso de formação para os professores utilizarem os aplicativos do projeto. “As atividades simulam situações para auxiliar o aluno. É muito atrativo e tem funcionado bem. Queremos distribuí-lo para todo o país”, afirma.


O Uso da Informática no Ensino da Matemática foi um dos dez projetos selecionados nos seminários regionais, realizados em 2008, para serem apresentados no 1º Encontro Nacional ProInfo e TV Escola. Na ocasião, cerca de 400 técnicos, multiplicadores e coordenadores dos programas de tecnologia do Ministério da Educação se reuniram para trocar experiências, expandir e qualificar o uso das tecnologias na sala de aula.


Para a coordenadora do ProInfo Maranhão, Akemi Wada, o evento é importante no sentido de criar soluções para os professores e disseminar a tecnologia educacional. “Sabemos que a tecnologia tem um desenvolvimento acelerado e nos próximos cinco anos estaremos em uma realidade diferente. Precisamos nos adaptar e nos preparar para o futuro da educação”, avalia. O Maranhão já possui 1.400 laboratórios do ProInfo em 217 municípios.


Em sua participação no encontro, o secretário de educação a distância, Carlos Eduardo Bielschowsky, ouviu críticas e sugestões dos participantes e ressaltou a importância do uso da tecnologia em sala de aula. “Devemos valorizar um processo onde o aluno possa ser mais autônomo. Dessa forma ele entende os métodos de aprendizado que o tornam mais capacitado”, destacou.

Rafania Almeida
Palavras-chave: Educação a distância, NTE