Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
ProUni

Índice de cancelamento de bolsas representa 0,3% do total de beneficiários

  • Quarta-feira, 25 de novembro de 2009, 19h29
O Ministério da Educação anunciou nesta quarta-feira, 25, que 1.766 estudantes beneficiários do Programa Universidade para Todos (ProUni) tiveram as bolsas de estudos canceladas e 15 instituições de ensino superior foram desvinculadas do programa, em decorrência de irregularidades. A decisão do ministério foi tomada após processos de supervisão instaurados pela Secretaria de Educação Superior (Sesu).

De acordo com Maria Paula Dallari Bucci, secretária de educação superior, o encerramento das 1.766 bolsas representa 0,3% do total de beneficiários do ProUni. Se forem considerados os 396 mil bolsistas ativos em 2009, esse índice é de 0,4%. Nos dois casos, explicou, os números são reduzidos. “Toda regra tem um certo índice de descumprimento”, observou.

A secretária informou que os processos de supervisão são anuais e que em 2010 acontecerá nova varredura. No caso das instituições de ensino superior, o processo de supervisão permitiu desligar do programa 15 faculdades. Outras 31 que apresentaram baixa ocupação de bolsas assinaram termo de saneamento das deficiências com a Sesu, comprometendo-se a regularizar a situação. Só com esse procedimento, a secretaria prevê a oferta de mais de três mil bolsas nos próximos processos seletivos.

Ionice Lorenzoni

Assista aqui a entrevista da secretaria de Educação Superior.

Veja a tabela das bolsas encerradas e desvinculações.

Leia mais:
Processo de supervisão encerra 1.766 bolsas e desvincula instituições
Assunto(s): Educação superior , ProUni
X
Fim do conteúdo da página