Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Língua portuguesa

Encontros regionais definirão os 152 finalistas da olimpíada

  • Segunda-feira, 11 de outubro de 2010, 12h13
Estudantes do ensino fundamental e médio participam da segunda edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro (foto: João Bittar)Os 500 estudantes semifinalistas da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro vão participar, de 3 a 18 de novembro, de quatro encontros regionais. Neles serão selecionados os 152 finalistas da competição. Cada aluno estará acompanhado do seu professor de língua portuguesa.

De acordo com Maria Tereza Cárdia, do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), entidade que coordena a segunda edição da olimpíada, os encontros regionais vão reunir 125 semifinalistas por gênero literário. Durante três dias, estudantes do ensino fundamental e médio produzirão textos sob a orientação de especialistas e participarão de atividades culturais e de formação. Ao mesmo tempo, comissões designadas pelos organizadores avaliarão os textos elaborados tanto nas escolas quanto de forma presencial.

Dessa avaliação, explica Maria Tereza, sairão os 152 textos — 38 por categoria — que irão à etapa nacional, prevista para 29 de novembro, em Brasília. Na capital federal serão anunciados os 20 vencedores, cinco por gênero literário.

Os 500 professores que acompanham os alunos na etapa regional devem apresentar ao Cenpec um relato das práticas desenvolvidas na fase escolar da olimpíada. Eles terão de explicar como trabalharam com os estudantes, a receptividade, as dificuldades e as soluções encontradas. Os autores das 28 melhores experiências — sete por categoria — receberão aparelhos de DVD.

Prêmios — Os concorrentes da fase regional — 500 alunos e 500 professores semifinalistas — receberão medalhas e cupons para a retirada de obras literárias na livraria montada no local do encontro. Os 152 estudantes e seus professores que passarem à fase final serão premiados com medalhas e aparelhos de som portáteis. As escolas receberão placas de participação.

Concluída a olimpíada, cada vencedor — 20 alunos e 20 professores — receberá medalha, um microcomputador e uma impressora. Cada escola, dez microcomputadores, uma impressora e cupom para escolha de livros destinados a ampliar o acervo da biblioteca.

A Olimpíada de Língua Portuguesa teve este ano a participação de 141.332 professores e 59.803 escolas públicas de educação básica. Educadores e unidades de ensino representam as 27 unidades da Federação e 5.488 dos 5.565 municípios brasileiros. O Lugar Onde Vivo é o tema que orienta os trabalhos de alunos e professores. A competição é promovida pelo Ministério da Educação e pela Fundação Itaú Social e coordenada pelo Cenpec.

Confira as datas e cidades que sediarão os encontros regionais.

Ionice Lorenzoni
X
Fim do conteúdo da página