Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias
Início do conteúdo da página
Olimpíada de Língua Portuguesa

Vencedores abordam com poesia e emoção o lugar onde vivem

  • Quarta-feira, 01 de dezembro de 2010, 17h10
“... Ali a bola rola, enrola, rebola, embola, solta, samba, sapateia...”. Assim, com esse vocabulário que envolve movimento, dança e malabarismo, o estudante Gabriel Batista da Silva, de Barbacena (MG), descreve como é a brincadeira dos meninos na quadra de esportes do bairro onde mora.

Com a crônica A quadra velha, Gabriel foi um dos 20 vencedores da segunda edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, premiados na última segunda-feira, 29, em Brasília. Aluno do nono ano do ensino fundamental da Escola Municipal Crispim Bias Fortes, Gabriel fala na magia que é estar na quadra com os amigos. “Ali os meninos são magos, são livres, são pássaros (...).”

Enquanto Gabriel respira recreação, Rossana Dias Costa, de Pedra Lavrada (PB), recebeu medalha por um artigo que começa com a pergunta: Desenvolvimento? Estudante da Escola de Ensino Fundamental Graciliano Fontini Lordão, Rossana está preocupada com problemas ambientais causados pela empresa Elizabeth, que explora minérios na localidade onde mora.

No artigo, a estudante diz que “a instalação da fábrica para a extração das pedras brutas resultou numa série de problemas ao meio ambiente, como desmatamento de uma enorme área de vegetação nativa, fuga de animais e aves silvestres, poluição de açudes, do solo e do ar”.

Na opinião da estudante, a empresa mineradora não tem o direito de destruir as riquezas naturais e a história da cidade. Rossana faz um chamado à comunidade: “Se não agirmos enquanto é tempo, a Serra dos Albinos e o Picoto, nossos patrimônios naturais mais belos serão destruídos.” Pedra Lavrada fica a 237 quilômetros de João Pessoa, no seridó oriental paraibano.

O lugar onde vivo foi o tema da edição 2010 da Olimpíada de Língua Portuguesa. Durante quatro meses, 7 milhões de alunos da educação básica escreveram poemas, crônicas, artigos e memórias sobre os lugares onde moram. Entre os vencedores foram abordados temas como cidades, violência, rios, pássaros, brincadeiras, conversas, meio ambiente, poesia, escola.

Ionice Lorenzoni

Conheça os 20 textos vencedores nos gêneros poema, memória, crônica e opinião.

X
Fim do conteúdo da página